A prefeitura de Balneário Piçarras lançou edital para alargar a faixa de areia em um trecho de dois quilômetros. Veterana nesse tipo de obra no Estado, a cidade já passou da fase de “pedir música no Fantástico”: é a quarta vez que passará pelo processo de engordamento da praia.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Ao longo das últimas décadas foram pelo menos três aterros, completos ou parciais – o primeiro deles em 1998, e o último em 2012. A falta de manutenção e de estruturas de suporte e contenção fizeram com que o mar voltasse a engolir a faixa de areia em alguns trechos.

Holding dos EUA finaliza estudos para parque temático e complexo residencial em SC

Atualmente, a praia tem dois molhes que ajudarão a conter a erosão. É entre as duas estruturas, do Molhe Joaquim Pires, na barra do Rio Piçarras, até o Molhe da Avenida Getúlio Vargas, em frente à praça das Baleias, que será feito o alargamernto.

Continua depois da publicidade

Jogador do Palmeiras processa construtora do “prédio do Neymar” em Balneário Camboriú

O projeto prevê que sejam depositados 383 metros cúbicos de areia. O investimento é de R$ 10,3 milhões, que virão do Fundo de Manutenção da Praia (Fumpra). O prazo de execução é de cinco meses. Se a licitação for concluída a tempo, a praia ficará pronta para a próxima temporada de verão.  

Destaques do NSC Total