O ex-vice-prefeito de Tubarão, Caio Tokarski (União Brasil) foi liberado da prisão e usará tornozeleira eletrônica. Ele estava preso preventivamente desde fevereiro, pela Operação Mensageiro.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A informação foi confirmada pela defesa de Tokarski, formada pelos advogados Pedro Walicoski Carvalho e Sérgio Ramos.

O mandado de soltura foi expedido pela juíza Gabriella Mattarelli Gomes, que assumiu os julgamentos do caso em primeira instância. A decisão prevê que Caio Tokarski não pode se ausentar de Tubarão, está proibido de frequentar a prefeitura e de manter contato com outros réus ou delatores da Mensageiro.

O Ministério Público pedia a prorrogação da prisão do ex-vice-prefeito, mas a juíza considerou que não havia justificativa para não usar outra medida cautelar.

Continua depois da publicidade

Leia mais:

Balneário Camboriú coloca BR na “vitrine” dos maiores prédios do mundo pela primeira vez

O que Jair Renan Bolsonaro foi fazer na Alesc

Kitnet mais cara do Brasil em Balneário Camboriú tem vista inusitada por motivo curioso

A reação de Silvinei Vasques ao ser preso pela PF

Balneário Camboriú aprova lei para distribuição de cannabis medicinal no SUS

Destaques do NSC Total