nsc
nsc

Fofura

Rejeitado, bebê macaco que nasceu em zoo de SC ganha lar temporário; veja fotos

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
08/06/2021 - 16h24 - Atualizada em: 08/06/2021 - 16h25
Macaquinho foi rejeitado pela família em Balneário Camboriú
Macaquinho foi rejeitado pela família em Balneário Camboriú (Foto: Divulgação, Zoo do Complexo Cyro Gevaerd)

Uma inusitada força-tarefa foi montada pelo Zoo de Balneário Camboriú para cuidar de Iuri, um filhote de macaco-caranguejeiro que é o mais novo morador do Complexo Ambiental Cyro Gevaerd. O macaquinho, que tem três meses de vida, foi rejeitado pelos dois irmãos e a convivência ficou perigosa. Diante disso, a equipe técnica do zoo precisou agir: o bebê foi afastado da família e, por enquanto, contará com ajuda humana para sobreviver.

Balé de baleia jubarte surpreende em Itajaí; vídeo

Inicialmente, Iuri foi separado em um ambiente montado só para ele, com aquecimento, bichinhos de pelúcia para interagir, cobertores, leite especial e mamadeiras. A equipe do zoo passou a se revezar para cuidar do bebê, separado da mãe.

Iuri ganhou cobertores para substituir o calor da mamãe
Iuri ganhou cobertores para substituir o calor da mamãe
(Foto: )

Mas o revezamento se mostrou insuficiente, já que o filhote demanda cuidados o tempo todo. A cada duas horas, o macaquinho recebe mamadeira, higiene com algodão morno e troca de cobertores, para simular os cuidados maternos. Diante disso, os profissionais do zoo acordaram que a melhor solução seria autorizar Iuri a passar as noites na casa da veterinária, Samara de Oliveira Freitas.

Procon notifica Arteris por negar socorro a porco na BR-101

Marcia Achutti, bióloga do zoo, diz que esse procedimento demanda uma série de cuidados para que não haja um apego excessivo do macaco com as pessoas que tomam conta dele. O esforço é para garantir que, mais maduro e independente, Iuri possa ser readaptado junto aos irmãos.

- Aos poucos, (ele vai) se adaptar à alimentação mais sólida, igual à dos adultos, com verduras, legumes cozidos, ração para primata e frutas diversas. Depois de adaptado, será levado para tentar fazer a readaptação à família – afirma a bióloga.

Filhote de furão é resgatado após ser caçado por gato em Jaraguá do Sul

A expectativa é que esse processo leve pelo menos mais seis meses. Por enquanto, Iuri vai ao zoo com a veterinária, onde fica em sua área reservada e, no fim do dia, volta com ela para casa. Os cuidados estão garantindo que ele se desenvolva rápido e saudável.

Macacos-caranguejeiros, como Iuri, são nativos do Sudeste da Ásia. Vivem em florestas e áreas de mangue da Birmânia às Filipinas, e ao Sul pela Indochina, Malásia e Indonésia. Quando adultos, eles chegam a 47 centímetros de altura e podem pesar até sete quilos. Iuri é fruto de reprodução em cativeiro.

Veja mais fotos:

Iuri com cobertor
Iuri com cobertor
(Foto: )
Iuri com ursinho, que serve de companhia
Iuri com ursinho, que serve de companhia
(Foto: )
Macaquinho com cobertor
Macaquinho com cobertor
(Foto: )

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas