nsc
nsc

Espetáculo

Balé de baleia jubarte surpreende em Itajaí; vídeo

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
02/06/2021 - 19h13 - Atualizada em: 03/06/2021 - 06h22
Baleia jubarte na Praia da Atalaia, em Itajaí
Baleia jubarte na Praia da Atalaia, em Itajaí (Foto: Reprodução, redes sociais)

Uma baleia jubarte surpreendeu ao executar o seu ‘balé’ na orla da Praia da Atalaia, em Itajaí. As imagens, que circulam nas redes sociais, são de autor desconhecido e parecem ter sido feitas a partir de uma embarcação. Nelas, a gigante ergue a nadadeira e se joga para o alto. Um espetáculo da natureza.

Baleia jubarte fica presa em rede de pesca em Florianópolis e desaparece antes do resgate

O pesquisador Jules Soto, curador do Museu Oceanográfico da Univali, em Balneário Piçarras, diz que a motivação do ‘balé’ é incerta. É possível que a jubarte faça isso para se livrar de parasitas da pele, para se comunicar, ou por pura diversão.

O especialista diz que a oportunidade de ver uma gigante como essa assim, pertinho da praia, é uma raridade. As jubartes preferem águas mais profundas, por isso dificilmente são avistadas na orla.

Ele levanta uma hipótese para o aparecimento da baleia na costa de Itajaí: a proximidade de orcas, que são predadoras naturais das jubartes – um duelo de gigantes.

Baleia diverte pescadores em São Francisco do Sul; veja vídeo

O exemplar que apareceu em Itajaí é uma baleia juvenil. O pesquisador diz que recebeu informações de pelo menos três jubartes entre Balneário Camboriú e Itajaí nesta quarta-feira (2). Segundo ele, é comum que elas estejam acompanhadas.

As jubartes passam pela região em processo migratório. Elas saíram da Antártida, e nadam em direção ao Nordeste brasileiro. As que irão se reproduzir preferem a região de Abrolhos, no Litoral da Bahia.

Golfinho é encontrado morto com calcinha presa às nadadeiras em Itapoá

Recorde de avistamentos

A frequência de baleias jubarte no Litoral catarinense tem chamado atenção do Instituto Australis/ProFranca, que atua no monitoramento e na proteção das baleias. Segundo a bióloga Karina Groch, os avistamentos têm surpreendido desde maio – é a maior quantidade de baleias nos últimos 20 anos. Há suspeitas de que um aquecimento da água do mar, fora dos padrões, tenha motivado o aparecimento das baleias.

Jules Soto ressalta que as jubartes são animais inofensivos, mas protegidos por lei - por isso, alguns cuidados são fundamentais. As embarcações não devem se aproximar das baleias, principalmente com os motores ligados. É comum que os animais sejam feridos nessas aproximações.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Leia também:

Santa Catarina avalia eventos-teste para Covid-19 a partir de julho

Promotor dá lição em homofóbicos em SC ao arquivar denúncia contra live 'Criança Viada'

Aeroportos de SC estão à mercê da variante indiana do coronavírus

Convocação de Moisés e Daniela é desvio de foco na CPI da Covid

Prefeitura de Florianópolis não pode suspender aulas por suspeita de Covid, decide Justiça

Ação de governadores para não depor na CPI da Covid já está no STF

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas