nsc
    nsc

    Pioneiro

    SC é primeiro estado no Brasil a dispensar impostos na compra de vacinas

    Compartilhe

    Dagmara
    Por Dagmara Spautz
    13/04/2021 - 16h52 - Atualizada em: 13/04/2021 - 17h58
    Consórcio da Fecam negocia a vacina Sputnik V
    Consórcio da Fecam negocia a vacina Sputnik V (Foto: Kirill KUDRYAVTSEV / AFP)

    Santa Catarina é o primeiro Estado no Brasil a isentar impostos na compra de vacinas contra Covid-19, ou insumos de fabricação. A governadora interina Daniela Reinerh sancionou a lei nesta terça-feira (13). O projeto, aprovado pela Alesc no mês passado, foi apresentado pelo deputado Milton Hobus (PSD).

    > Deputado pastor propõe fura-fila da vacina para religiosos em SC

    O ICMS pago pela importantação de imunizantes e ativos de fabricação em SC é de 17%. O desconto foi autorizado pelo Conselho Nacional de Fiscalização Fazendária (Confaz), mas precisa ser validado pelos estados. 

    > Painel do Coronavírus: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

    - Em SC, temos um dos principais polos logísticos de importação do país. Temos estrutura para que os municípios comprem diretamente e reduzam os custos. Não é justo pagar imposto por algo tão essencial - disse Hobus.

    > Monitor da vacina: veja o avanço da vacinação contra Covid-19 em SC

    A lei sancionada em SC prevê isenção de impostos na aquisição de vacinas pelo próprio Estado, municípios e também empresas. Santa Catarina tem hoje dois consórcios para compra de vacinas, que podem se beneficiar diretamente da medida - o da Fecam e o da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que é coordenado nacionalmente pelo prefeito da Capital, Gean Loureiro (DEM).  

    Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

    Mais colunistas

      Mais colunistas