nsc
nsc

Campeonato Catarinense

A luta para Criciúma ter estádio na primeira divisão em 2022

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
14/07/2021 - 10h10
Próspera precisa iluminar e trocar gramado do estádio Mário Balsini
Próspera precisa iluminar e trocar gramado do estádio Mário Balsini (Foto: Divulgação)

Com o rebaixamento do Criciúma, o Próspera é o representante criciumense na Série A do Campeonato Catarinense em 2022. Algo inédito, já que pela primeira vez o Tigre foi rebaixado em Santa Catarina. E, nesse momento, não há garantia de que haverá futebol na primeira divisão em Criciúma no ano que vem. Outro ineditismo.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

A explicação é simples. O estádio Mário Balsini, onde o Próspera manda suas partidas, não está adequado para a Série A. O dilema começou ainda em 2020, quando o clube alcançou o acesso com o título da Série B, ele já foi avisado pela Federação Catarinense de Futebol (FCF) de que deveria adequar o gramado e instalar iluminação. 

A parceria com o Criciúma salvou o Próspera de problemas maiores neste ano. O estádio Heriberto Hülse foi alugado para os jogos do time, que inclusive chegou a ganhar do Tigre em pleno Majestoso por 1 a 0. Em recente entrevista, o presidente do Criciúma, Anselmo Freitas, afirmou que não haverá novo empréstimo do estádio em 2022, mesmo que os times estejam em divisões diferentes na próxima temporada. 

Próspera ganhou do Criciúma no Heriberto Hülse
Próspera ganhou do Criciúma no Heriberto Hülse
(Foto: )

- É que vizinho só pede emprestado uma vez - comentou o presidente do Próspera, Israel Rocha Alves, quando indagado a respeito da decisão do Criciúma. - Entendemos perfeitamente e somos muito gratos ao apoio que o Criciúma nos deu - emendou o dirigente. 

Clube precisa de R$ 700 mil

O Próspera está em busca de uma solução. Precisa de R$ 700 mil para as adequações: R$ 200 mil para trocar o gramado e instalar o novo sistema de irrigação, e R$ 500 mil para a iluminação. O Mário Balsini já teve luminárias, mas faz muitos anos, houve a remoção e restaram somente os postes.

- Estamos otimistas. Temos buscado apoios. Já orçamos tudo, o projeto da iluminação de LED está pronto, a troca do gramado será rápida, em 60 dias ele estará adequado. Agora estamos buscando captações para viabilizar isso tudo. Mas vamos resolver e o Próspera jogará sim o Catarinense no Mário Balsini - projetou o presidente. - E o melhor, com o avanço da vacinação, acreditamos que o Catarinense do ano que vem será com público no estádio, será o reencontro do nosso torcedor com o Próspera na Primeira Divisão - reforçou Israel. A última vez que o Próspera jogou a elite de Santa Catarina com público no estádio foi em 2007, quando acabou rebaixado.

Presidente Israel com o presidente da Fesporte e a deputada Paulinha
Presidente Israel com o presidente da Fesporte e a deputada Paulinha
(Foto: )

Em busca de apoio, o presidente tem feito visitas e reuniões. Esteve na última segunda-feira (12) com o presidente da Associação Empresarial de Criciúma (Acic), Moacir Dagostin. - O presidente Moacir foi muito receptivo, e marcamos uma próxima reunião na Acic para levar as nossas necessidades - destacou. Nesta terça (13) o presidente Israel foi a Florianópolis para uma conversa com o presidente da Fesporte. - Foi uma conversa muito produtiva também. Queremos aproximar o Próspera, exibir nossos projetos e buscar parcerias. Teremos um novo encontro em breve - apontou.

Fora da Copa SC

Para centrar forças na próxima temporada, o Próspera desistiu de disputar a Copa Santa Catarina, competição que a Federação Catarinense de Futebol (FCF) realizará nos próximos meses para definir uma vaga à Copa do Brasil de 2022. A competição será aberta a clubes das séries A e B do Catarinense.

- A ideia inicial era disputar, mas optamos por desistir, pois queremos centrar forças nas duas competições que teremos ano que vem - analisou Israel. É que além da Série A do Catarinense, o Próspera está classificado para a Série D do Campeonato Brasileiro. Será a estreia do clube em competições nacionais, fruto da boa campanha no último Estadual. - Vamos fazer um caixa agora e focar na montagem do nosso time e da nossa estrutura para 2022 - finalizou.

Leia também:

> SC ganha mais um time profissional: Caravaggio Futebol Clube

> Próspera vence o Hercílio Luz e é campeão catarinense da Série B

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas