nsc
nsc

R$ 40 milhões

Conhecida a empresa que vai asfaltar a SC-370, na Serra do Corvo Branco

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
27/07/2021 - 05h32
A atual estrada é esburacada e pedregosa
A atual estrada é esburacada e pedregosa (Foto: Denis Luciano / Arquivo)

Se tudo correr dentro do previsto, no primeiro semestre de 2023 será possível subir e descer a SC-370, na Serra do Corvo Branco, por asfalto. Será o atendimento de uma antiga demanda em região de alto potencial turístico entre Grão Pará, na região de Laguna, e Urubici, na Serra catarinense.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O secretário de Estado da Infraestrutura, Thiago Vieira, anunciou na noite desta segunda-feira (26) que está contratada a empresa que fará a execução da obra, ao valor de R$ 40,8 milhões em um trecho de 9,4 quilômetros.

- Eu acabei de acessar o portal de compras do Governo do Estado, tudo eletrônico, e homologar a licitação da Serra do Corvo Branco - confirmou o secretário. Ele destacou, ainda, que em breve o governador Carlos Moisés estará na região para a entrega da ordem de serviço. - A partir de agora temos uma empresa contratada, e os técnicos vão dar encaminhamento à contratação, para em breve o governador ir à Serra e levar a tão sonhada pavimentação à SC-370 e valorizar esse patrimônio que é a Serra do Corvo Branco - frisou.

A licitação havia sido lançada no fim de maio e a previsão é de execução dos trabalhos, a partir da ordem de serviço, em até 180 dias. A rodovia foi dividida em três lotes para a pavimentação, e dois deles saíram do papel. O trecho 1, em Urubici, tem 20 quilômetros de asfalto e custou R$ 36 milhões. O trecho 3, com 23 quilômetros, contou com investimento de R$ 39 milhões. Com mais essa etapa, o trecho 2, serão mais de R$ 115 milhões aplicados para pavimentar pouco menos de 53 quilômetros.

Asfalto tomará o lugar do chão batido até 2023
Asfalto tomará o lugar do chão batido até 2023
(Foto: )

> Estrada da Serra do Corvo Branco pede socorro

Os desafios da SC-370

O trecho a ser executado é desafiador. Ele compreende uma estrada de chão sinuosa e pedregosa, além de perigosa em vários pontos. - É uma obra complicada - reconhece o prefeito de Grão Pará, Hélio Alberton Júnior (PP). Tanto que, por questões ambientais e legais, o processo foi suspenso em 2008, resultando na paralisação da obra que agora será retomada. - Agora, com todos os estudos feitos, a obra seguirá sem riscos de descontinuidade - comenta Alberton.

Caminhões de pequeno e médio porte disputam o espaço com carros no percurso, exigindo muita perícia e uma dose extra de tranquilidade ao volante, para evitar acidentes. Além de um corredor para a economia, ligando duas regiões do Estado, a SC-370 já é um importante canal para o turismo regional, que ficará fortemente potencializado com o asfalto. A região tem um potencial turístico semelhante ao da SC-390 na Serra do Rio do Rastro, entre Lauro Müller e Bom Jardim da Serra. Mesmo com as precárias condições da rodovia, já atrai muitos visitantes, em especial nos finais de semana, o que será muito incrementado a partir da pavimentação.

A garganta, o belo ponto turístico da SC-370, já em Urubici
A garganta, o belo ponto turístico da SC-370, já em Urubici
(Foto: )

> Com barreiras nos grandes, partidos evangélicos são alternativa para Carlos Moisés

No alto da Serra, para quem transita a partir de Grão Pará, está a grande atração da região: a fenda na pedra cortada, no ponto chamado de garganta, onde a rodovia passa entre duas elevadas paredes resultantes da detonação das rochas.

Leia também:

> É estadual? Ou municipal? Debate envolve pavimentação de rodovia no Sul de SC

> Se não fosse a termelétrica do Sul, energia estaria mais cara em SC

> Cinco anos depois, a retomada do tráfego de trens ao Sul de SC

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas