nsc
nsc

Covid-19

MP investiga 'fura-fila' da vacina em Urussanga, no sul de SC

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
26/05/2021 - 08h47 - Atualizada em: 26/05/2021 - 08h51
Secretária questiona o paradeiro de 239 doses em Urussanga
Secretária questiona o paradeiro de 239 doses em Urussanga (Foto: Maykon Lammerhirt / Agência RBS)

O vazamento de uma sequência de áudios, com a voz da secretária de Saúde de Urussanga, causam grande repercussão na cidade, no sul de Santa Catarina. Ocorre que nos trechos, gravados durante uma reunião com a equipe de trabalho, Ingrid Zanelatto comenta detalhes de uma denúncia de 'fura-fila' na vacinação contra a Covid-19.

Receba as notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Nos áudios, a secretária cita que, de um pacote de 1.372 doses, 239 "estavam faltando". Ela conta que o tema veio à tona a partir de uma denúncia ao gabinete do prefeito segundo a qual um servidor havia sido vacinado, sem estar enquadrado nos grupos prioritários. A partir daí, constataram-se outras irregularidades.

A veracidade dos áudios é confirmada pela assessoria de imprensa da prefeitura de Urussanga. É ponderado, porém, que esse conteúdo veio a público "fora de contexto". O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) recebeu a denúncia, na promotoria de Urussanga. Questionada, a 3ª Promotoria de Justiça limitou-se a encaminhar uma nota confirmando as investigações.

Estado tem a menor fila de espera por UTI em quase três meses

As falas da secretária nos áudios que vazaram:

A gente descobriu isso aí porque foi denunciado lá no gabinete, um motorista da garagem teria sido vacinado. A Maria me mandou o relatório e eu vi maridos vacinados, muita gente que não tem 60 anos, eu vi comunidades, não existe uma comunidade do município que não tenha tido fura-fila. Não é um, não é outro. Todos. Gente de outros municípios sendo vacinados. Como é que vai fechar? Dose fora, paciente de outro município, parente, parentesco de tudo quanto era lado. Como vai fechar, gente? Se eu vou furar a fila fazendo do meu pai, da minha mãe, eu vou avisar? O tanso é quem botou o marido. E aí toda semana temos que mandar esse nominal para o Ministério Público, a sorte é que o Ministério Público não tem acesso às informações que a gente tem. E vocês acham que a prefeitura vai pagar advogado para nós? É sério, gente.

Tentamos contato com a secretária Ingrid, que não atendeu nossas ligações.

MP confirma que está investigando

As suspeitas de fura-fila estão em apuração e na fase de levantamento de informações. Os resultados dessas investigações serão divulgados assim que houver elementos conclusivos. No momento, para não prejudicar as apurações, não serão fornecidas mais informações sobre o caso.

O tema foi levantado na sessão da Câmara de Vereadores na noite desta terça-feira (25). 

- A gente lutando por igualdade, que todos sejam vacinados, e a secretária cita fura-fila? - indagou o vereador Luan Varnier (MDB). - Pelo visto, não é só o prefeito que tem que ser afastado - afirmou, solicitando logo em seguida que a secretária Ingrid Zanelatto deixe a função. 

Ele fazia referência ao caso do prefeito Luis Gustavo Cancellier (PP), que está afastadao do cargo desde a semana passada por conta de uma investigação da Polícia Federal (PF) sobre possíveis ilicitudes no uso de recursos de financiamento para pavimentação de ruas. 

Vereador Luan Varnier, do MDB, tratou do assunto na Câmara ontem
Vereador Luan Varnier, do MDB, tratou do assunto na Câmara ontem
(Foto: )

- Eu estou com vergonha, com Polícia Federal na prefeitura - reforçou Varnier. - Inacreditável que nossa cidade esteja passando por tudo isso - completou o vereador, que é de oposição. Ele lembrou que Urussanga está de aniversário. De fato, nesta quarta o município comemora 143 anos de colonização nesta quarta-feira.

A prefeitura de Urussanga manifestou-se por uma breve nota oficial:

O Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Saúde assim que recebeu a notificação, respondeu ao Ministério Público Estadual, prestando os devidos esclarecimentos sobre os fatos. Aguardamos a manifestação do Ministério Público.

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas