Os incansáveis artistas que estão fazendo do centro de Floripa uma galeria de artes a céu aberto, não param de trabalhar em prol da arte urbana. No final de semana estava fazendo um rolê pelas imediações do bairro Monte Cristo e me deparei com o casal de grafiteiros, Rizo e Tuane, que foram responsáveis por pelo menos três dos grandes trabalhos produzidos recentemente na ilha. Pode até parecer inusitado encontrá-los nas quebradas, mas acreditem, essa é a rotina normal do casal e, obviamente, de tantos outros artistas ligados nos riscos, rabiscos, traços e desenhos de bom gosto. 

Continua depois da publicidade

> Artista plástica que desenhou mural de Antonieta de Barros, em Florianópolis, lança exposição inovadora

Há poucos meses, o Morro da Mariquinha, Morro do Mocotó e Monte Serrat, receberam as visitas ilustres dessa galera que vem enchendo nossos guetos de cores. Como a famosa mandala da Tuane ainda estava no início, me comprometi de voltar e registrar em primeira mão pra vocês o muro novinho em folha da escola Américo Dutra Machado, na entrada da comunidade Chico Mendes. Ou seja, quem não estiver pela região, vai ver primeiro aqui no nosso cantinho o que os autores dos grandes murais aprontaram por lá.

> Aplicativo propõe passeio por focos de arte urbana em Florianópolis

Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total