Quando a gente ouve ou fala a palavra restaurar, abrimos um leque vasto de interpretações. Recuperar, por em bom estado, consertar, reparar. Nesse mundão louco que vivemos, que a propósito precisa urgentemente de um bom conserto, vemos nascer projetos que usam sabiamente os sinônimos de restauro para restabelecer a autoestima de moradores das comunidades. 

Continua depois da publicidade

> A história da AVOS se confunde com a história do Hospital Infantil

A Cufa, Central Única das Favelas, desenvolveu e colocou em prática um projeto para que as casas das comunidades tivessem um fortalecimento. É o Restaura Favela. Os moradores recebem na porta de casa materiais de construção para fazer a reforma que precisam. 

Bacana né? Na comunidade Frei Damião, a Jussara Lima recebeu na porta de casa, a doação do material que ela vai construir um novo banheiro. O projeto foi desenvolvido pela coordenação da entidade aqui de Santa Catarina. Quando os materiais chegam, os próprios moradores, que são beneficiados, têm a responsabilidade de construir ou reformar a peça da casa. Na boa, está dando certo. Os que recebem a ajuda, independente da cidade, agradecem. Além de Palhoça, com a ajuda do apresentador Luciano Huck, o Restaura Favela da Cufa já passou por outros quatro municípios de Santa Catarina. 

> Lideranças comunitárias investem em muitos candidatos a vereador nas eleições municipais 2020

Continua depois da publicidade

Restaura Favela da Cufa
Restaura Favela da Cufa. (Foto: Esdoul / Arquivo Pessoal )

> Entidades e voluntários que trabalham com famílias de pessoas desaparecidas estão tendo que se reinventar

A meta é que surjam novas parcerias e recursos para aumentar o número de famílias atendidas e também, pra mudar o verbo. Em outras palavras, se isso acontecer, o restaura vai ficar nas melhores lembranças e, o construir, vai ser a nova realidade. Vou deixar o contato do coordenador Alex Rodrigues aqui no nosso cantinho para que parceiros possam ser novos elos nessa corrente. Ok? (48) 99627-6712.

Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Destaques do NSC Total