nsc
    nsc

    Bom Jardim da Serra

    MP pede a suspensão de concurso público com mais de 400 inscritos

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    10/12/2020 - 09h12 - Atualizada em: 10/12/2020 - 12h00
    Locais que receberam participantes do concurso público de Bom Jardim da Serra estão sendo preparados
    Locais que receberam participantes do concurso público de Bom Jardim da Serra estão sendo preparados (Foto: Prefeitura de Bom Jardim da Serra)

    O Ministério Público de SC abriu uma ação civil pública pedindo à justiça que suspenda o concurso público da prefeitura de Bom Jardim da Serra, previsto para acontecer no próximo domingo (13). São mais de 400 inscritos, o número de participantes chamou atenção do MP, depois de receber uma denúncia de um participante que é do grupo de risco para Covid-19. A justiça ainda deve analisar o pedido de suspensão

    ::Serra e Meio-Oeste estão com leitos de UTI Covid no limite

    A Secretaria de Administração do município disse que não foi informada sobre essa ação. A prefeitura enviou uma nota esclarecendo como será feita a prova. De acordo com a nota, as avaliações serão realizadas respeitando as medidas da Portaria da Secretaria de Estado da Saúde que autorizou, a partir de setembro, a realização de concursos no estado. Entre elas o distanciamento de 1,5 m, a disponibilidade de álcool 70% e o uso de máscara. Segundo o município, a realização das provas em duas escolas públicas da cidade, faz parte das medidas de enfrentamento ao coronavírus. 

     A justificativa para realizar o concurso nesse período de pandemia se dá, segundo a administração, pela necessidade de pessoas para manter serviços essenciais funcionando. Por isso que dos 16 cargos disponíveis, oito são voltados a área da saúde, como técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos. A justificativa foi encaminhada ao MP que está analisando a situação para tomar as providências. 

    O edital do concurso Público da prefeitura de Bom Jardim da Serra foi lançado em março, com previsão para acontecer em maio. Na época a pandemia foi o motivo para suspensão. A Serra Catarinense está nível gravíssimo, no mapa de risco do governo estadual, nesse casos há uma recomendação do Cômite de Operaçãoes em Emergência e Saúde Regional (COES), para que concursos públicos não sejam realizados na região.

    Veja também:

    ::Votação do segundo impeachment de Carlos Moisés é adiada

    ::‘Compra de vacinas deve ser feita pelo Ministério da Saúde’, defende Carmen Zanotto

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas