nsc
nsc

Novo marco

Casan busca 100 milhões de euros para investir em saneamento

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
05/07/2022 - 09h00 - Atualizada em: 05/07/2022 - 09h33
Centro administrativo da Casan, em Florianópolis
Centro administrativo da Casan, em Florianópolis (Foto: Divulgação)

A exemplo das demais empresas públicas e privadas do setor de água e saneamento, a Casan trabalha para atender as metas do novo marco nacional do setor, que prevê fornecimento de 99% de água potável e 90% de tratamento de esgoto até 2033. Para isso, a companhia planeja investimentos e busca financiamentos. A fase atual é de prospecção junto a instituições internacionais como Banco Europeu de Investimento (BEI) e o Banco Alemão KFW. Segundo a companhia, o plano é obter cerca de 100 milhões de euros no exterior, o equivalente cerca de R$ 550 milhões.

Receba notícias do DC via Telegram

A Casan já fez uma prospecção junto a instituições financeiras nacionais e ficou satisfeita com o que conseguiu levantar. As conversas mais avançadas são com o Banco Europeu de Investimento, com quem o governador Carlos Moisés da Silva iniciou negociações em Glasgow, na Escócia, em novembro de 2021, quando participou da Cúpula do Clima.

De acordo com o diretor Financeiro e de Relações com Investidores da empresa, Ivan Gabriel Coutinho, os avanços das negociações mostram o interesse do mercado em financiar projetos da Casan. Isso significa que a companhia terá condições de cumprir as metas do plano nacional.

Executivos da Casan já tiveram mais reuniões com representantes do BEI. Atualmente, estão no processo de KYC (Know Your Customer), que é de conhecimento mais detalhado da companhia, com base em dados e documentos. Até agora foram duas reuniões presenciais e a próxima será em outubro, informa o diretor financeiro. Ela contará com visita a obras da empresa.

Com a instituição alemã KFW, a presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, e Coutinho tiveram a primeira reunião, de forma remota, há pouco mais de uma semana. No encontro, foram realizadas apresentações institucionais da companhia e da KFW, incluindo condições de financiamento. Na próxima, a Casan apresentará projetos.

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas