nsc
nsc

Estabilidade no mês

Comércio de SC recua 0,2% em junho, mas cresce 3,8% no semestre

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
12/08/2021 - 12h14
Centro de Florianópolis
Centro de Florianópolis (Foto: Diorgenes Pandini, NSC, BD)

As vendas do comércio varejista de Santa Catarina em junho, em volume, registraram recuo de 0,2% frente ao mês anterior na série com ajustes sazonais, mas no primeiro semestre do ano tiveram alta de 3,8%. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços do IBGE. Na comparação com o mesmo mês de 2020 subiram 1% e no acumulado de 12 meses, tiveram alta de 6,5%. Em receita nominal, as vendas de SC cresceram 17% frente ao mesmo mês do ano passado, indicando o peso da inflação no custo de produtos.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

No Brasil, as vendas do setor recuaram 1,7% em junho, em volume, frente ao mês anterior na série com ajuste sazonal, no ano subiram 6,7% e em 12 meses tiveram alta de 5,9%.

Em SC, as vendas do varejo ampliado, que incluem materiais de construção e veículos, cresceram 0,4% em junho frente ao mês anterior em volume. Frente ao mesmo mês do ano passado, subiram 11,6%, no acumulado do ano cresceram 14,1% e em 12 meses, subiram 10,7%.

As maiores altas em junho frente ao mesmo mês de 2020 em volume, foram, veículos e peças (40,4%), produtos farmacêuticos (16,7%), papelaria, livros e revistas (15,5%), tecidos, confecções e calçados (11,1%) e materiais de construção (3,6%). As maiores quedas foram em eletrodomésticos (-19,5%), móveis (-8,5%) e supermercados e hipermercados (-4,1).

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas