nsc
nsc

Falta de infraestrutura

Deputado propõe frente parlamentar pela duplicação da BR-282

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
14/09/2021 - 19h27 - Atualizada em: 14/09/2021 - 19h48
Deputado Valdir Cobalchini fala na tribuna da Alesc nesta terça-feira
Deputado Valdir Cobalchini fala na tribuna da Alesc nesta terça-feira (Foto: Marcelo Kampff, Divulgação)

A sucessão de acidentes nos últimos dias com quatro vítimas fatais na BR-282, trecho entre Lages e Florianópolis, incluindo o cantor Airton Machado, da banda Garotos de Ouro, foi a motivação principal para o deputado Valdir Cobalchini, líder do MDB na Assembleia Legislativa (Alesc), propor nesta terça-feira a criação de frente parlamentar em favor da duplicação da rodovia. A 282 é a estrada que liga o Leste ao Oeste catarinense, com 680,6 quilômetros de extensão, pela qual trafegam pessoas que vivem em diversas regiões do Estado, transportam produtos ou se deslocam por motivo de serviços, entre os quais o turismo.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Um dos argumentos destacados por Cobalchini é a força econômica em torno da via. No trecho Florianópolis-Lages vivem 1,4 milhões de pessoas, segundo dados do IBGE em 2020. Nessa região, também, estão 45 mil empresas que geram diretamente quase 550 mil empregos, segundo dados da Relação Anual de Informações Sociais (Rais) de 2019, citou o parlamentar.

Outro destaque foi o grau de fatalidade para os acidentes na rodovia. Segundo ele, a taxa de mortalidade é cinco vezes maior do que a da BR-101, que é duplicada.

- Enquanto na BR-101, temos uma morte para cada 10.355 veículos transitando, na BR-282 temos uma morte para cada 2.411 veículo que transita diariamente – comparou o deputado, para quem essa é, agora, a “rodovia da morte” de SC.

A criação da frente parlamentar deve colaborar para viabilizar soluções mais rapidamente para a BR-282, mas diante da série de urgências em duplicações de rodovias federais em SC, essa deve demorar.

Em junho deste ano, a Federação das Indústrias do Estado (Fiesc) lançou o projeto BR-282 + Segura e Eficiente, com sugestões para implantar 69 quilômetros de faixas adicionais entre o litoral e Lages. Essas obras necessitam investimentos de R$ 192,9 milhões, estimou a entidade.

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas