Edtech de Florianópolis, a Integralize ajuda na realização do sonho de fazer mestrado ou doutorado no exterior sem ter que investir altos valores ou morar lá fora. Ela tem plataforma que usa o sistema de Massive Open Online Courses (Moocs) que integraliza créditos e, assim, estudantes podem revalidar disciplinas de pós-graduação como especializações e MBAs e convertê-las em mestrado ou doutorado.  

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Fundada em 2018 por Luan Trindade, a empresa de Santa Catarina já ajudou mais de 2 mil alunos a participar desse tipo de validação, que resulta em bolsa de até 100% nas mensalidades. Ele explica que o aluno tem acesso a ampla variedade de conteúdos educacionais de alta qualidade e também conta com professores orientadores.

O novo título não é conquistado apenas com disciplinas feitas em outros cursos. Ele tem a programação de pós-graduação e cumpre um processo de produção científica de artigos, dissertação ou tese para finalizar o curso.

– De modo geral, os processos seletivos para mestrados e doutorados são rigorosos e o investimento, tanto financeiro quanto de tempo são altos. Uma maneira de preencher essa lacuna de vagas é a utilização Moocs, cursos on-line em larga escala, de baixo custo ou até gratuitos – explica Luan Trindade.

Continua depois da publicidade

Segundo ele, a Integralize também ajuda o aluno a ser preparar para os rigorosos requisitos e testes para mestrado e doutorado. Essas exigências são elevadas tanto no Brasil quanto no exterior.

Pelo perfil de negócio, a Integralize teve uma aceleração no crescimento durante a pandemia. A plataforma oferece atividades exclusivamente virtuais, por isso facilitou o desenvolvimento de atividades nesses anos de Covid-19.

– Tenho relatos de alunos que estavam divididos entre investir na casa própria ou no mestrado. Outro problema constante é a falta de tempo para se dedicar a um curso dessa natureza, tendo que conciliar trabalho, família e projetos pessoais – revela o CEO da Integralize.

O empresário destaca que os investimentos em mestrado e doutorado são importantes para ter recursos humanos altamente qualificados e, também, para impulsionar a pesquisa científica e tecnológica, tanto em Santa Catarina, quanto no país. Isso é fundamental para o desenvolvimento econômico.

Continua depois da publicidade

A propósito, é também graças ao elevado número de mestres e doutores em relação ao total da população que Florianópolis se destaca como a capital com o melhor capital humano do país.

Luan Trindade faz questão de citar alguns dados comparativos sobre esse setor de alta formação acadêmica e científica. Em 2016, o Brasil formou cerca de 60 mil mestres e 20 mil doutores, de acordo com dados da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

No começo da última década, os números eram bem menores, segundo ele. O Brasil tinha 58 doutores para cada 1 milhão de habitantes, a Alemanha tinha 318 e a Suíça 486.

Publicidade

Além de muita informação relevante, o NSC Total e os outros veículos líderes de audiência da NSC são uma excelente ferramenta de comunicação para as marcas que querem crescer e conquistar mais clientes. Acompanhe as novidades e saiba como alavancar as suas vendas em Negócios SC

Continua depois da publicidade

Leia também

“Ampliar a base exportadora do Brasil é o desafio que nos move”, diz a secretária Tatiana Prazeres

Pesquisa do Sebrae mostra pequenas empresas em alta no Estado

Varejista Koerich investe em produtos do setor de alimentos; entenda

Santa Catarina terá um novo porto no litoral sul

Rota da Seda da China pode ter link com Florianópolis, avalia Lummertz

Dos dotes de príncipes à educação: o que disse o prefeito sobre Joinville nos EUA

Acordo Mercosul-EU pode ser finalizado este ano, dizem especialistas na Alesc

Destaques do NSC Total