publicidade

Estela

Economia

Engie entra no setor de gás natural com a compra da TAG

Compartilhe

Por Estela Benetti
08/04/2019 - 16h29 - Atualizada em: 08/04/2019 - 16h29
Maurício Bähr, presidente da Engie Brasil. (Foto: Divulgação )

A multinacional francesa Engie, que tem em Florianópolis a empresa Engie Brasil Energia, venceu, ao lado da canadense Caisse de dépôt et placement du Québec (CDPQ) o processo competitivo da Petrobras para a compra de 90% da Transportadora Associada de Gás S.A (TAG). O negócio chegou a R$ 35,1 bilhões (US$ 8,6 bilhões) para 100% da companhia. Desse total, a Engie ficou com 58,5%, sendo 29,25% com a Engie Brasil Energia e 29,25% com a Engie global, o que soma investimento da ordem de R$ 20,5 bilhões. A canadense ficou com 31,5% e a Petrobras seguirá com 10%.

Esse investimento marca a entrada da Engie no setor de gás natural, onde a empresa pretende avançar também com geração de energia térmica. Ela tem projeto de uma usina em Garuva, no Norte de SC, numa parceria com a norueguesa Golar Power, que está licenciando a instalação de um terminal de regaseificação de gás natural liquefeito, o Terminal de Gás Sul (TGS) na Baía da Babitonga, em São Francisco do Sul.

Segundo o CEO da Engie Brasil, Maurício Bähr, a aquisição da TAG é um marco na história da empresa que está há 23 anos no Brasil. Também revela o compromisso com a evolução da transição energética porque a empresa decidiu focar em fontes de energia mais limpa.

A TAG, que tem sede no Rio de Janeiro, é a maior transportadora de gás natural do Brasil. Conta com 4,5 mil quilômetros de gasoduto que atendem as regiões Sudeste e Nordeste além de um trecho entre Urucu a Manus. A expectativa é de que a gestão continue sendo feita a partir do Rio.

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Estela Benetti

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

estela.benetti@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade