nsc
nsc

Internacionalização

Fiesc abre portas na Itália para acordos em educação e indústria 4.0

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
10/06/2022 - 16h59 - Atualizada em: 10/06/2022 - 17h52
Fiesc, Divulgação
Presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar (C), visita a instituição BI-REX, voltada à indústria 4.0, em Bolonha, Itália (Foto: Fiesc, Divulgação)

A missão da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) à região da Emília-Romanha, norte da Itália, encerrou nesta sexta-feira com o encaminhamento de parcerias nas áreas de educação e produção industrial de ponta, especialmente em tecnologia 4.0. O presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, que liderou o grupo, mais executivos da entidade e empresários tiveram, diversas reuniões, entre as quais com lideranças da Universidade de Bolonha e com a instituição BI-REX, do segmento de indústria 4.0, com as quais abriu diálogo para acordos.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Com a universidade, a parceria será nas áreas de tecnologia da informação e polos industriais catarinenses, informou Aguiar. Com a BI-REX, a federação estuda um acordo na área de digitalização industrial. Aguiar observou que essa instituição tem similaridade com os institutos de inovação do Senai, por isso acredita que será oportuna uma aproximação.

Os empresários catarinenses também visitaram empresas e instituições dos setores de metalurgia, madeira, design industrial e construção civil. A propósito, nas áreas de madeira e construção, o grupo conheceu projetos da Habitech, que atua com construções sustentáveis.

Na área de design, o plano é oferecer programa para executivos por meio da Escola de Negócios da Fiesc. Os empresários visitaram ainda a Rubiera Special Steel, empresa metalúrgica, para conhecer tendências internacionais do setor.

A agenda da semana dos catarinenses na região de Emília-Romanha incluiu também apresentação do potencial econômico do Estado para empresários ligados à Confindustria, Fiesc de lá; na Art-Er, que trabalha com atração de investimentos e inovação, no Mke-In-Bo Fab Lab, laboratório faz parte de rede global do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Além disso, o grupo visitou a Feira Mecspe, uma feira voltada para tecnologia e robótica para indústrias. 

Divulgação
Missão de SC na MECSPE foi integrada por Alceu Lorenzon (E), Fiates, Waldemar Schmitz, Mario, Paulo Koerich (área internacional da Fiesc) e Fabrizio Pereira
(Foto: )

Além de Aguiar, também participaram da viagem o vice-presidente regional do Oeste, Waldemar Antônio Schmitz; o diretor regional do Senai, Fabrizio Machado Pereira; o diretor de inovação e competitividade da federação, José Eduardo Azevedo Fiates; o sócio da Alcaplas, Alceu Lorenzon, mais o diretor-executivo Electro Aço Altona, Eduardo Vetter e o diretor industrial da empresa, Danilo Antônio Correia.

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas