Santa Catarina fechou o mês de julho com  segunda queda consecutiva no número de inadimplentes, de acordo com a Serasa. No mês passado, o Estado tinha 2.136.322 pessoas com dívidas atrasadas, o que correspondeu a 36,84% da população adulta.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp 

Em junho, o Estado tinha 2.151.713 pessoas com dívidas atrasadas, o que correspondia a 37,14% dos adultos. Isso significa que em julho, 15.391 catarinenses saíram da lista de devedores.

Mas, segundo dados da Serasa, apesar da queda de devedores, o total devido aumentou.

SC encerrou julho com soma de endividamento de R$ 14,7 bilhões, enquanto no mês anterior, totalizavam R$ 14,6 bilhões.

Continua depois da publicidade

Postos em SC são notificados por alta no preço da gasolina comprada antes do reajuste

No Brasil, o endividamento também caiu pelo segundo mês consecutivo. Segundo a Serasa, o número de brasileiros que saíram da lista de devedores em julho chegou a 34.495. Foi a primeira vez que houve duas quedas consecutivas.

Uma das razões dessa menor inadimplência é o programa Desenrola, de pagamento de dívidas do governo federal.

Em Santa Catarina, os consumidores têm mais dívidas nos setores de serviços (23,37%), bancos e cartões (23,32%) e contas no comércio (21,11%). O maior número de devedores está na faixa etária de 26 anos a 40 anos (38,6%).

Leia também:

Ademar Cassol deixa legado como empresário, professor e arquiteto da UFSC

Código que ensina gestão sustentável de empresas ganha nova edição

Futuro governo da Argentina pode impactar vinda de “hermanos” e outros negócios?

Estela Benetti: SC perde mais uma posição entre os estados com menos desemprego

Agroindústria de SC fecha trimestre com prejuízo bilionário

Destaques do NSC Total