nsc
nsc

Cantor e palestrante

No Empreende Brazil, Zezé Di Camargo fala de investimentos em imóveis e curso sobre negócios

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
28/05/2022 - 14h31 - Atualizada em: 28/05/2022 - 17h35
O cantor Zezé Di Camargo em sua primeira palestra para público empresarial, em São José, região de Florianópolis
O cantor Zezé Di Camargo em sua primeira palestra para público empresarial, em São José, região de Florianópolis (Foto: Estela Benetti)

O palco do Empreende Brazil Conference, na Arena Hard Rock Live Florianópolis, neste sábado, marcou a estreia do cantor e compositor Zezé Di Camargo como palestrante. Ele disse que além da música, investe em logística e no setor imobiliário, inclusive em Itapema, SC. O artista também informou que poderá fazer outras palestras e lançará um curso em parceria com duas empresas catarinenses.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Zezé Di Camargo, que faz a dupla com irmão Luciano, começou sua primeira palestra contando sobre a trajetória pessoal. Falou em mídia, educação e música, até ser desafiado a revelar sobre onde e como investe pelo organizador do Empreende Brazil, o jovem Lucas Schweitzer.

- A gente consegue receber dinheiro, mas não consegue gerir dinheiro – disse Zezé Di Camargo.

Ele revelou que, atualmente, investe em imóveis. Tem sociedade em negócios nessa área em diversas cidades do Brasil e também em Orlando, na Flórida, Estados Unidos. No país, tem participações em empresas em Itapema, Santa Catarina; em Cuiabá, no Mato Grosso; e no interior de São Paulo. Agora, está começando a investir no Paraná, com pequenas fazendas denominadas “É o amor”. Além disso, tem sociedade na empresa de logística Trip.

A participação no Empreende Brasil Conference abriu as portas para o artista atuar em nova atividade. Começou a fazer palestras para empresários e aceitou o desafio de duas empresas de Florianópolis para lançar um curso sobre empreendedorismo, que vai trazer mais o jeito Zezé Di Camargo de investir.

As parceiras serão a Empreende Brazil Club, do grupo que faz a conferência sobre empreendedorismo, e a Vox2You, que atua com oratória na América Latina.

- Quando a gente começou a interagir foi uma surpresa grande entender esse lado empreendedor do Zezé porque, como ele falou, ele empreendia sem saber que ele estava empreendendo. Agora, ele está trazendo para o consciente, entendendo que isso é negócio e está se vendo como empreendedor também – disse Lucas Schweitzer.

O objetivo, com o curso, é permitir às pessoas entender mais sobre o modelo de empreender de Zezé Di Camargo, disse o fundador do congresso empresarial. O cantor disse que começou a investir com apoio de um dos irmãos, o Emanoel. Mas, agora, conta com a parceria do filho Igor Camargo, que cursou administração da Fundação Getúlio Vargas, de São Paulo, para ser um gestor empresarial.

Lições e avanços na carreira

Zezé Di Camargo, que começou a cantar aos sete anos com apoio do pai, disse no início da palestra que o seu Francisco Camargo foi e ainda é a sua grande referência. Contou que fala como se o pai, que faleceu em 2021, ainda estivesse vivo. Uma das principais lições que recebeu do seu Francisco foi sobre importância do estudo.

- Meu pai dava asas à nossa imaginação, mas exigia uma coisa em troca: o estudo. O pai fundou uma escola municipal dentro da nossa casa. Conseguiu a nomeação de uma tia nossa para alfabetizar as crianças. Era a Escola Municipal Sítio Novo, onde fui alfabetizado até o terceiro ano primário – disse o cantor.

Ele explicou que parou de estudar quando estava no segundo ano do segundo grau (ensino médio) porque não dava para conciliar trabalho e estudo.

Questionado sobre a evolução da carreira, que começou ainda criança, o cantor enfatizou o ‘ponto de virada’, que foi quando tinha 28 anos e conseguiu escrever numa noite a música “É o amor”. Essa canção vendeu mais de 1 milhão de discos e foi líder de audiência por mais de um ano.

Segundo ele, outro desafio foi continuar fazendo sucesso com o lançamento de outras belas canções. Não queria ter o destino de alguns músicos, que se tornaram famosos por apenas um sucesso. Zezé Di Camargo disse que essa barreira também foi vencida, com diversas outras músicas que também fizeram sucesso.

Agora, além de ter retomado agenda intensa de shows pelo Brasil com o irmão Luciano, também está tocando projetos paralelos. Um deles é a nova carreira de palestrante. Ele não deu entrevista coletiva após a palestra, mas antes de sair da Arena Hard Rock Florianópolis foi questionado pela jornalista da Adjori, Fernanda Kleinubing, como se sentiu. Disse que gostou, curtiu, se sentiu muito à vontade e gostaria de ter tido mais tempo para compartilhar mais experiências.

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas