nsc
    nsc

    Pauta catarinense

    Parlamentares de SC e Daniela se reúnem com Bolsonaro, Queiroga e Ramos

    Compartilhe

    Estela
    Por Estela Benetti
    29/03/2021 - 06h14 - Atualizada em: 29/03/2021 - 06h29
    Reunião do Fórum Parlamentar de SC com Bolsonaro será no Palácio do Planaldo
    Reunião do Fórum Parlamentar de SC com Bolsonaro será no Palácio do Planaldo (Foto: José Cruz, Agència Brasil)

    O Fórum Parlamentar Catarinense se reúne nesta segunda-feira, às 14h30min, no Palácio do Planalto, com o presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga e o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos. A vice-governadora Daniela Reinehr (sem partido), que assume o governo nesta terça-feira, também foi convidada e vai participar, informa o coordenador do fórum, deputado Daniel Freitas. Na pauta, ações para o Estado enfrentar a pandemia e verbas para infraestrutura. A participação poderá ser presencial ou virtual.

    De volta ao governo de SC, Daniela Reinehr tem um gigantesco desafio econômico pela frente

    O senador Jorginho Mello (PL-SC), vice-líder do governo no Congresso Nacional, que vai pessoalmente na reunião, adianta que no caso da saúde, a cobrança será para o governo federal se empenhar para antecipar a entrega de vacinas já adquiridas junto a laboratórios do exterior. Isso porque as cerca de 600 milhões de doses adquiridas são suficientes para imunizar a população brasileira. Os parlamentares também vão cobrar para o Estado mais medicamentos hospitalares e outras demandas para tratamento da Covid-19.

    Estado adota critério que prioriza tratar jovens em caso falta de vagas em UTIs

    A cobrança de recursos para infraestrutura junto ao presidente Jair Bolsonaro é importante porque boa parte das verbas que deveriam entrar no Orçamento da União para SC acabou sendo inicialmente cortada. Depois, em função de remanejamentos negociados por Jorginho Mello, foram incluídos R$ 133,5 milhões. Com isso, estão previstos no orçamento para rodovias federais no Estado R$ 271,6 milhões, informou o colunista Evandro Assis, do Jornal de Santa Catarina e da NSC Comunicação.

    Conforme o senador, outra decisão que estava dependendo da aprovação do orçamento e que agora pode ser encaminhada pelo Ministério da Economia é a nova etapa do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). A expectativa é de que sejam liberados R$ 5 bilhões. As primeiras prestações dos contratos feitos no ano passado já venceram e, como a pandemia continua, muitas empresas postergaram os pagamentos. 

    Mais colunistas

      Mais colunistas