publicidade

Navegue por
Estela

Acima da média

Vendas da indústria catarinense aumentaram em 2018

Compartilhe

Por Estela Benetti
21/01/2019 - 05h00 - Atualizada em: 21/01/2019 - 05h00
Indústria de alimentos
(Foto: )

O desempenho das vendas da indústria catarinense segue acima da média. No período de janeiro a novembro de 2018 o setor registrou crescimento real de 12,7% frente ao mesmo período do ano anterior, segundo dados da Fiesc.

A média nacional ficou em 4,5%, apurou a CNI. Na comparação com o mês anterior, em dados dessazonalizados, houve queda de 1,67% e frente a novembro de 2017 cresceu 7,66%. No ano, a receita real do setor de alimentos liderou, com alta de 33,37%, seguida por produtos de metal, 23%.

Brian Begnoche, da EqSeed
Brian Begnoche, da EqSeed
(Foto: )

Mais dinheiro para TI

A regulamentação das fintechs que aproximam investidores de startups e de empresas de TI para facilitar investimentos, feita pela CVM em 2018, aquece negócios. A EqSeed, primeira e maior plataforma do país de equity crowdfunding captou R$ 12 milhões em rodadas na sua plataforma ano passado e para 2019 projeta R$ 36 milhões, informa o economista e COO da EqSeed, Brian Begnoche. A fintech já investe em duas startups de SC: a Pegaki, de Blumenau, que faz entrega econômica de e-commerce, e a Horus, de Florianópolis, que faz drones e softwares para reduzir uso de agroquímicos.

- O empreendedor pode captar até R$ 5 milhões/ano. Nosso modelo tem pouca burocracia tanto para o investidor quanto ao empreendedor – diz Begnoche, ao destacar que a EqSeed captou para si R$ 2,5 milhões.

Com criptomoedas

Com criptomoedas
(Foto: )

Na terra onde as criptomoedas nasceram e já são regulamentadas, o Japão, a comitiva de empresários liderada por Rocelo Lopes, da catarinense Stratum Blockchain Tech, mais os sócios da Atar, Cointrade e 3xBit, apresentaram nova solução digital que permite, de qualquer lugar do mundo, enviar dinheiro ou criptomoeda ao Brasil sem custo. Na foto, Rocelo faz compras com bitcoin na loja Bic Camera, uma das de Tóquio que aceita a moeda digital. Para ele, a CVM pode regular as criptomoedas em cerca de cinco anos.

ISS de cartões

O novo presidente da Federação Catarinense dos Municípios, Joares Ponticelli, se reúne hoje à tarde com o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli. Pedirá apoio para que o Imposto sobre Serviços (ISS) de cartões de crédito, leasing e planos de saúde seja repassado aos municípios onde ocorre o uso do serviço. Hoje, fica nos municípios sedes das empresas desses setores. O Congresso aprovou mas o STF derrubou a medida.  

Liderança

A Resultados Digitais, de Florianópolis, líder em marketing digital no Brasil, está comemorando este mês oito anos de atuação mais fortalecida. Além da projeção com o RD Station Marketing, seu sistema usado no Brasil e em mais de 20 países, avança rápido como fornecedora de ferramenta gratuita CRM para automação de vendas. Hoje, as operações internacionais respondem por 4% da receita e a meta é chegar a 20% em 2021, informa a empresa.

Em férias

Aos leitores da coluna e aos que me acompanham também em outras plataformas, informo que entro em férias por 30 dias a partir de hoje. Um abraço a todos e até 19 de fevereiro. 

Deixe seu comentário:

Estela Benetti

Estela Benetti

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

estela.benetti@somosnsc.com.br

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação