nsc
    nsc

    Conservação

    Blumenau debate a criação de um novo parque natural

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    06/09/2020 - 08h00 - Atualizada em: 07/09/2020 - 09h12
    Proposta é que o espaço seja destinado à conservação e à educação ambiental
    Proposta é que o espaço seja destinado à conservação e à educação ambiental (Foto: Divulgação)

    Uma audiência pública marcada para 21 de setembro discutirá a criação do Parque Natural Municipal Claus Feldmann, na Vila Itoupava. A nova unidade de conservação deve abranger 20 mil metros quadrados de áreas verdes e de preservação permanente localizadas na bacia do ribeirão Saxônia, nos fundos da antiga Cervejaria Feldmann, onde hoje fica o Centro Turístico e Cultural.

    > Quer receber as notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp? Clique aqui e entre no grupo do Santa.

    O local é de mata nativa e conta com uma cachoeira. Segundo o intendente da Vila Itoupava, Leandro da Silva, preservação e educação ambiental são os objetivos da futura unidade, nos moldes do Parque São Francisco, no Centro.

    O futuro parque será vizinho de um complexo de lazer e turismo que incluirá o Centro Turístico e a Casa Kunze, uma grande construção enxaimel em restauração. Segundo Silva, há interesse do município em desapropriar mais áreas na região para ampliar o complexo.

    — Ouso dizer que Blumenau não tem um espaço similar. Aos fundos, um ribeirão com cachoeira, fauna e flora. Na frente, uma cervejaria de 1898 preservada e a Casa Kunze, que vai ser restaurada — projeta Silva.

    Próximos passos

    Depois da audiência pública, o próximo passo para a criação da unidade de conservação será enviar um projeto de lei à Câmara de Vereadores, provavelmente em outubro. Depois, será necessário desenvolver o plano de manejo do parque. Só então virá a fase de implantação de estruturas para visitação, como trilhas e mirantes.

    A audiência pública do dia 21 (Dia da Árvore) será na Sociedade Serrinha, às 19h.

    Ligação com Pomerode

    O projeto de pavimentar a ligação da Vila Itoupava a Pomerode, aproximando duas áreas de interesse turístico do Vale Europeu, caminha mais devagar que o esperado. Embora a Rua Erwin Manske tenha sido incluída no Programa +Turismo do governo federal, o BNDES não aprovou financiamento para a obra.

    Agora, a Secretaria de Planejamento trabalha na elaboração do projeto. Quando estiver pronto, o município buscará outras fontes de financiamento.

    Correção

    Até 10h desta segunda-feira (7), esta coluna informou que a Rua Henrique Conrad havia sido incluída no Programa +Turismo. Na verdade, a via em questão é a Erwin Manske. A versão acima já foi corrigida.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas