nsc
nsc

MAIS PODER AOS PAIS

Com aval da Câmara de Blumenau, nova seleção de diretores de escolas será em 2022

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
19/05/2022 - 17h42 - Atualizada em: 19/05/2022 - 17h47
Secretária Patrícia Lueders foi à Câmara esta semana defender a proposta
Secretária Patrícia Lueders foi à Câmara esta semana defender a proposta (Foto: Denner Ovidio, Divulgação)

Passou sem dificuldades pela Câmara de Vereadores de Blumenau, nesta quinta-feira (19), o novo sistema de escolha dos diretores de escolas de Blumenau. Com 13 votos favoráveis e nenhum contrário, os parlamentares concordaram com o projeto da Secretaria de Educação que acaba com as eleições diretas, cria uma prova para os candidatos e dá mais poder aos pais na escolha final dos gestores. Com o aval do Legislativo, o plano é estrear o modelo no fim de 2022.

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

A tramitação do projeto foi pelo regime urgentíssimo. Três emendas, apresentadas pelos vereadores Roberto Morauer (PT) e Carlos Wagner (PSL), foram rejeitadas já na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Durante a semana, a secretária Patrícia Lueders foi à Câmara defender o sistema, que atende a exigências da legislação federal.

Depois de sancionadas pelo Executivo, as novas regras estarão prontas para aplicação já no segundo semestre do ano. Os mandatos dos atuais diretores terminam em dezembro.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Prefeitos da região de Blumenau anunciam apoio à reeleição de Moisés

O trecho da BR-470 que o diretor do DNIT não conheceu

Fotos da barragem de Ituporanga mostram mar de entulho após enchente

Blumenau quer dar aos pais protagonismo na escolha dos diretores de escolas

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas