Concluída na semana passada, a nova rotatória da Rua Bahia, em Blumenau, provocou uma enxurrada de críticas de motoristas. Duas mudanças no que antes era um trevo, nas proximidades da antiga Cristais Hering, geram risco de acidentes: agora é preciso dar a preferência para os veículos que saem de uma transversal, parando a Rua Bahia; e a pista no sentido bairro foi duplicada, estreitando a curva. Marcas de pneu na calçada provam que há perigo.

Continua depois da publicidade

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Reclamações chegaram à coluna na última sexta-feira (15), durante o Cafezão, da Rádio Atlântida, e também via redes sociais. Uma leitora enviou imagem de um carro que passou reto na curva na noite de segunda-feira (18). Moradores dizem que a cena está se repetindo com frequência desde as alterações.

Na rotatória, o problema é a desatenção. Como os motoristas que descem a Rua Bahia rumo ao Centro não estão habituados ao trevo modificado, freadas bruscas também são constantes.

Foto da última sexta-feira já mostrava marcas de pneu na calçada
Foto da última sexta-feira já mostrava marcas de pneu na calçada (Foto: Patrick Rodrigues, 15/7/2022)

Para o secretário de Obras de Blumenau, Michael Maiochi, é natural que seja necessário um tempo de adaptação. Ele diz que a rotatória é necessária não só para a saída da transversal, mas também para servir de retorno. Como a via agora tem duas pistas no sentido bairro, as conversões à esquerda estão proibidas. A rotatória é parte de um conjunto que inclui outras duas, nas esquinas com a Gustav Salinger e Benjamin Constant.

Continua depois da publicidade

— Enquanto a população não se conscientizar de que tem que andar mais devagar, a gente não vai ter sucesso em nenhuma implantação — avalia Maiochi.

Secretário diz que rotatória também serve de retorno à Rua Bahia
Secretário diz que rotatória também serve de retorno à Rua Bahia (Foto: Patrick Rodrigues)

Sinalização

Reforços à sinalização da rotatória devem chegar nos próximos dias. A linha pontilhada deve receber pequenos tachões. Nas proximidades da curva estreita duplicada, serão implantadas faixas transversais com tinta quente, formando redutores de velocidade. Segundo Maiochi, o município também avaliará reduzir a velocidade máxima no local, de 50 km/h para 40 km/h.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Padre Julio Lancellotti critica apelo contra esmolas em Blumenau: “Inacreditável”

Eisenbahn traz para Blumenau festival com música, gastronomia e concurso

De olho no Sesi, Blumenau vira quebra-galho para o esporte de Santa Catarina

Município do Vale se antecipa e dá título de cidadão a Hildebrandt antes de Blumenau

Destaques do NSC Total