O processo de venda do Hospital Santa Catarina, de Blumenau, teve uma mudança de rota. O grupo interessado em adquirir a instituição centenária retirou-se da negociação, ao menos por enquanto. Decisão atribuída ao recente esfriamento no mercado de aquisições em saúde privada no Brasil. Sem negócio em vista, a direção do hospital retomou planos de investimento que aguardavam o desfecho das conversas.

Continua depois da publicidade

​> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Segundo o presidente da diretoria do hospital, o empresário Hans Martin Meyer, uma venda futura não está descartada, até mesmo para o grupo que há mais de um ano conversava com os blumenauenses. Tudo dependerá dos humores do mercado e da avaliação que a União Paroquial Luterana, proprietária do hospital, fizer de eventuais cenários.

Meyer não revelou o nome da empresa envolvida. No início do ano passado, a coluna havia apurado que ao menos quatro grupos haviam procurado o hospital: Notre Dame Intermédica, Rede D’Or São Luiz, Dasa e Unimed.

Em 2020, ao comemorar 100 anos, o Hospital Santa Catarina havia apresentado à comunidade um projeto de expansão. A pandemia de Covid-19 e o interesse de grandes corporações da saúde na aquisição do hospital retardaram a execução.

Continua depois da publicidade

Faz parte dos planos um novo edifício de 19 andares na esquina das ruas Amazonas e Araranguá, que seria conectado ao atual complexo por passarelas. Conforme o projeto divulgado em 2020, também estão previstas a ampliação das recepções, a abertura de novos leitos de internação, melhorias no Centro de Diagnóstico de Imagem e a construção de um novo espaço gastronômico. O custo total atualizado deve superar os R$ 100 milhões.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Após críticas, cuca gigante de Blumenau será bancada por empresa

Novo acesso a Blumenau vira prioridade no orçamento de SC em 2023

Ordem do MEC para estudar federalização da Furb, em Blumenau, sai no Diário Oficial

Hotel de Blumenau renegocia dívida com a prefeitura e evita leilão

Destaques do NSC Total