nsc
nsc

Vitória azurra

Avaí batalhou muito nos Aflitos e agora tem jogo para o acesso

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
21/11/2021 - 21h11
Renato comemora o segundo gol, que garantiu a vitória do Avaí sobre o Náutico
Renato comemora o segundo gol, que garantiu a vitória do Avaí sobre o Náutico (Foto: reprodução/ ge.globo Premiere FC)

A vitória sobre o Náutico por 2 x 1 veio na luta, na entrega, no coração. O Avaí fez mesmo do jogo contra o Náutico a sua “Batalha dos Aflitos”. O resultado deixa o time a uma vitória de mais um acesso à Série A.

O Avaí fez um início de jogo muito bom, com bom posicionamento e organização, e fazendo uma pressão na intermediária do campo de ataque. Explorando bastante o lado esquerdo, dando liberdade ao lateral João Lucas, o time criava e chegava. Getúlio fez o gol aos 10, e fez o goleiro trabalhar bem em outras duas finalizações, uma a um minuto e outras aos 32 minutos.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

O técnico Claudinei Oliveira fez uma correção importante de posicionamento dos volantes em relação à derrota para o Guarani. Jean Cléber ficava ao lado de Bruno Silva protegendo a defesa e sem dar os generosos espaços da partida de Campinas. Aos 29 do primeiro tempo, Jean saiu machucado. Fez muita falta. Ele dava esse equilíbrio no meio, ajudando Bruno Silva.

A partir dos 30 do primeiro tempo o jogo do Avaí foi luta. O time preenchia mais os espaços no seu campo e tentava acertar os contra-ataques. O que só foi acontecer de verdade no gol de Renato, já na reta final do jogo, aos 39, quando num lance rápido, Copete, lançou Renato e ele fez fácil o gol que garantiu a vitória.

A batalha foi vencida. O time está muito cansado. Visivelmente cansado. A semana vai ser com todos os cuidados, recuperando jogadores e preparando uma nova decisão. Só que agora ao lado da torcida, na Ressacada, pra garantir mais uma vez uma chegada à Série A.

Leia mais:

> Vídeos inéditos relembram conquista do primeiro acesso do Avaí

> Giro Total Resenha: Avaí sem Jadson, Figueirense sem técnico... e agora?

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas