O Avaí tem o mais difícil dos jogos dessa reta final de Série B. Na noite desta segunda-feira encara o CSA, o segundo melhor time do returno da competição – atrás apenas do Botafogo. Faz uma arrancada final na luta por uma das vagas na elite do futebol brasileiro.

Continua depois da publicidade

É decisão em confronto direto. Uma vitória praticamente define o acesso do Avaí à Série A. O time vai precisar jogar bem mais do que na sexta-feira, quando empatou com o Vitória. Acima de tudo, a equipe vai precisar competir muito mais em campo. A volta de Bruno Silva é um reforço gigante para a equipe.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

E é o torcedor que pode levar o time na Ressacada. Empurrando a equipe, ajudando a marcar o adversário e cobrando a arbitragem durante os 90 minutos. Com capacidade aumentada para 50%, já pra colocar perto de 9 mil torcedores no estádio. É outra atmosfera.

> Avaí cede empate ao Vitória com gol polêmico no fim da partida

Continua depois da publicidade

O CSA é um time que joga pra cima. Não vai se fechar, muito pelo contrário. Desde que o técnico Mozart reassumiu, na terceira rodada do returno, são oito vitórias, dois empates e três derrotas. Nos últimos dez jogos, foram sete vitórias. Do meio pra frente é um time bastante qualificado.

> Torcedores do Avaí homenageiam Marília Mendonça durante jogo da Série B

O momento é de fazer aquela conexão time e torcida. Transformar a Ressacada em mais um obstáculo para o adversário. O torcedor avaiano sabe da sua importância.

Destaques do NSC Total