nsc
nsc

Empate e frustração

Faltou o presente no aniversário do Figueirense

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
12/06/2022 - 19h35 - Atualizada em: 13/06/2022 - 05h57
Bola rondou a área de ataque, mas faltou competência aos atacantes do Figueirense
Bola rondou a área de ataque, mas faltou competência aos atacantes do Figueirense (Foto: reprodução / twitter FFC)

Faltou o gol! Depois de um dia perfeito, na festa de aniversário de 101 anos do Figueirense, com muitas celebrações alvinegras, o time em campo não conseguiu fazer o gol - no 0 x 0 com o Confiança - para presentear a torcida e fechar a celebração de forma especial.

No jogo, o domínio foi absoluto. O Figueirense foi o dono da bola durante os 90 minutos e mais acréscimos. Teve boas e claras chances de marcar, mandou bola no travessão, e não colocou pra dentro. Segue o principal defeito deste time de Júnior Rocha, que é o ataque.

Como diz o próprio Júnior Rocha: “esse último terço é caro”. E o time ainda precisa de um centroavante definidor, que claramente não é Gustavo Henrique, que foi a alteração da teimosia do treinador no segundo tempo e não contribuiu em nada, mas também não é Jhon Cley, que até melhora o setor porque faz melhor a posição de 9 que os concorrentes, mas também falta a ele a finalização.

Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

A frustração é grande. Um golzinho seria suficiente para fazer perfeita a festa do aniversário. Mas fica claro que o esforço final da diretoria tem que ser no ataque. O Figueirense caminha para se classificar à segunda fase. Mas se quiser brigar bem na hora de subir, vai precisar trazer reforços na frente.

Celebração mostrou a paixão alvinegra em alta

Festa do torcedor do Figueirense tomou a avenida Santa Catarina
Festa do torcedor do Figueirense tomou a avenida Santa Catarina
(Foto: )

Foi o maior público do Figueirense na Série C deste ano no Orlando Scarpelli, com mais de seis mil e quinhetos torcedores presentes. O torcedor queria festejar a sua paixão alvinegra. Se reuniu durante o dia, fez festa antes do jogo na avenida Santa Catarina, fez recepção especial ao time. Era o dia perfeito para comemorar os 101 anos. Um domingo de futebol na casa alvinegra.

Nas redes sociais do clube, muita história e um show de informações. Não faltou nada no entorno do jogo para que tudo fosse perfeito. O Figueirense soube comemorar a sua gigante história junto ao seu torcedor. Parabéns, Figueirense! Com sua torcida, sua camisa, suas conquistas e sua representatividade no futebol catarinense e nacional mostrou mais uma vez sua história de eterna paixão alvinegra.

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas