nsc
    nsc

    Fique ligado

    Acolhendo pais de crianças atípicas será tema de live neste sábado

    Compartilhe

    Laine
    Por Laine Valgas
    24/07/2020 - 13h59
    Teteo
    Nosso pequeno Teteo. (Foto: Arquivo Pessoal)

    Ser pai e mãe, por si só, além de prazeroso, é também desafiador. Imagine então, quando o bebê nasce com algum tipo de anomalia – a responsabilidade (e as dúvidas, junto) tomam uma proporção ainda maior. Nesta hora, orientação profissional, apoio emocional, são fundamentais. E o acolhimento a pais de crianças atípicas será o tema de uma live muito bacana, que acontece neste sábado, dia 25, às 10h, promovido pelo Instituto pais e bebes, de Florianópolis, um espaço especializado em psicologia perinatal (gravidez, parto e pós-parto).

    > Pequenos Catarinenses fazem bonito em desafio internacional

    live
    Live neste sábado.
    (Foto: )

    Na live, que poderá ser conferida no @institutopaisebebe, vai estar presente a Letícia Schmitz, mãe do Teteo – um menino fofo, com um caso clínico raro: nasceu com AME Tipo 1 Síndrome de Down, compartilhando sua caminhada, junto com a presidente do IPB, Aline Engelke. 

    Teteo
    Teteo e sua família.
    (Foto: )

    > Menino de São José que estava internado com Covid-19 deixa UTI do hospital

    Aline é psicóloga, especializada em psicoterapia psicanalítica, com experiência em gestão de pessoas, equipes da área da saúde, atendimento em UTI neonatal, atendimento psicoterapêutico a pais, crianças e adultos. Repetindo, a live pode ser conferida no @institutopaisebebe e a história do Teteo, que precisa muito da nossa ajuda, pode ser conferida no @juntospeloteteo ou no site da vaquinha que a família criou – a meta é arrecadas R$11 milhões para o tratamento do menino.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas