nsc
    nsc

    Lari na Cozinha

    No aniversário de Blumenau, aprenda a fazer uma Cuca de frutas vermelhas e Nutella

    Compartilhe

    Larissa
    Por Larissa Guerra
    02/09/2020 - 13h44
    Arquivo Pessoal
    Cuca de frutas vermelhas e Nutella (Foto: Arquivo Pessoal)

    Blumenau comemora 170 anos nesta quarta-feira e se eu pudesse (e não estivéssemos em meio a uma pandemia), faria com certeza um café colonial daqueles bem caprichados para comemorar. Nesta festa imaginária, convidaria os amigos que fiz aqui e prepararia uma mesa daquelas bem fartas. Além das bebidas, o cardápio teria Heringsbrot, pão com Kochkäse, pão com patê de linguiça, canudinhos de maionese, pão picante, pastelão de frango. E nos doces, bolos, torta alemã, Strudel, torta glória, bolo de aipim, bolo de queijo. E cucas, muitas cucas. Ah, que saudades de um café colonial e um aglomero com os migos, minha gente.

    Minha história com Blumenau começou para valer há seis anos, quando me mudei de mala, cuia e acompanhada pela minha doguinha Nina para morar com meu então namorado. Morávamos pertinho da antiga sede do Santa. O namoro acabou poucos meses depois hahahaha mas eu acabei ficando por aqui. Morei depois no Bom Retiro, apaixonada por uma casinha antiga em meio à natureza que envolve o bairro (e na minha humilde opinião, é uma das regiões mais bonitas da cidade).

    Depois de morar em várias cidades de SC, eu nunca imaginaria que em Blumenau eu ficaria por tanto tempo, a ponto de achar que já não me perco mais facilmente nesta geografia de tantos morros e curvas e que o Verão é quente sim, mas passa. Sou muito feliz em ter vindo de mala, cuia e doguinha para cá e minha forma de homenagear estes 170 anos da cidade é fazendo uma cuca de frutas vermelhas e creme de avelã daquela marca famosa hehehe

    Mantendo as tradições, mas trazendo um toque divertido desta chef, comunicadora que vos escreve. Parabéns, Blumenau! Boa receita!

    Ingredientes:

    350 g de farinha de trigo

    80 g de açúcar

    15 g de fermento biológico seco

    40 g de manteiga em temperatura ambiente (se trocar por banha, fica ainda mais roots)

    1 ovo

    250 ml de leite morno

    Uma pitada de sal

    Canela em pó e raspas de limão a gosto

    Para o recheio, use:

    100 g de frutas vermelhas frescas (usei framboesas e morangos)

    140 g de creme de avelã

    Para a farofinha (se quiser menos farofa, reduza as quantidades):

    180 g de açúcar

    160 g de farinha de trigo

    100 g de manteiga

    Modo de preparo:

    Comece fazendo uma esponja, misturando o fermento e o açúcar ao leite morno. Cubra a mistura e deixe descansar por uns 15 minutos.

    Prepare a massa, batendo os demais ingredientes e a esponja. Em uma forma retangular untada previamente, espalhe a massa. Cubra e deixe fermentar até dobrar de volume.

    Recheie com as frutas vermelhas e espalhe o creme de avelã. Cubra com a farofinha e asse em forno previamente aquecido a 170 °C por cerca de 40 minutos. Se quiser dar uma incrementada, sirva ainda quentinha com uma bola de sorvete de creme. A combinação das frutas vermelhas com o creme de avelã é imbatível e o sorvete dá ainda mais charme a esta iguaria típica. Delícia!

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas