nsc
nsc

GALERIA DE CLIQUES

Franz Cabaret estreia com artista do Cirque du Soleil em Floripa; veja fotos

Compartilhe

Leo
Por Leo Coelho
20/11/2021 - 17h16 - Atualizada em: 20/11/2021 - 17h22

A primeira noite no Franz Cabaret, em Florianópolis, foi de uma combinação incrível. Performances circenses, boas surpresas, música de qualidade, arte e muita gente bonita e descolada. Vanessa Calado, artista do Circo du Soleil e que atualmente mora em Balneário Camboriú, encantou os convidados com acrobacias do premiado número Força Capilar. A noite de estreia também teve a banda Macrophones no palco, com o sócio Paulo Trejes comandado os vocais. A superpop, Clica Voigt, arrancou suspiro com seu modelito ousado, em tom – claro – de cabaret. Além do casal Clica e Paulo, os sócios Abreu Jr. e Tiago Rodrigues receberam o público, que curtiu o repertório da eclética banda.

> Ligia Gastaldi e Ana Vaz participam do Nossa Sexta

Um dos pontos altos do local são as projeções que transformaram o espaço e mostraram a potência acústica e cênica do lugar. O Dj Nano seguiu madrugada adentro na noite de estreia que marcou – definitivamente - a chegada do Franz Cabaret na cidade.

Neste sábado, dia 20, e no próximo fim de semana, dias 26 e 27, tem mais festas de abertura e a programação inaugural se repete.

> Dazaranha e Jaime Barcellos participam da Confraria Itapema

Confira a galeria de fotos da noite de abertura do novo espaço cultural de Floripa.

Leo Coelho

Colunista

Leo Coelho

Referência no segmento social e com vasta experiência no mercado, o jornalista traz informações relevantes e exclusivas sobre Florianópolis. Notícias de bastidores da sociedade, círculos de influência, curiosidades, frases e causos. Os olhos e ouvidos da NSC na Capital catarinense.

siga Leo Coelho

Leo Coelho

Colunista

Leo Coelho

Referência no segmento social e com vasta experiência no mercado, o jornalista traz informações relevantes e exclusivas sobre Florianópolis. Notícias de bastidores da sociedade, círculos de influência, curiosidades, frases e causos. Os olhos e ouvidos da NSC na Capital catarinense.

siga Leo Coelho

Mais colunistas

    Mais colunistas