Navegue por

publicidade

Loetz

O melhor outubro

Exportações de Santa Catarina somam US$ 831,29 milhões em outubro

Compartilhe

Por Loetz
09/11/2018 - 04h00 - Atualizada em: 09/11/2018 - 04h00
Porto de São Francisco do Sul.
Porto de São Francisco do Sul.
(Foto: )

As exportações de Santa Catarina em outubro somaram US$ 831,29 milhões, e as importações, US$ 1473,79 milhões. Na comparação com o mês anterior, houve avanço de 15,57% nas exportações e de 24,08% nas importações. No confronto com o mesmo mês do ano anterior, as variações foram de 14,51% e de 22,77%, respectivamente.

Esse resultado representa crescimento de 3,43% nas vendas do ano e de 24,87% nas compras de 2018. É o melhor desempenho da história para o mês de outubro, desde que a Fiesc faz o levantamento.

Empresa com sede em Guarulhos e unidade em Joinville, CRW compra a Masa, de Manaus

Compras públicas 

O mercado de compras públicas no mundo pode chegar a US$ 9 trilhões e oferece grandes oportunidades para a indústria, informou o gerente de negociações internacionais da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Fabrizio Panzini, durante reunião promovida pela Câmara de Comércio Exterior da Fiesc, em Florianópolis.

Entre os países que se destacam nas compras governamentais estão os Estados Unidos (US$ 1,68 trilhão), União Europeia (US$ 1,6 trilhão), Japão (US$ 393 bilhões), Canadá (US$ 198 bilhões) e Brasil (US$ 157,4 bilhões). Os acordos de compras governamentais são aquisições de bens ou serviços por órgãos estatais, estabelecem regras previsíveis de comércio e trazem compromissos de abertura de mercado.

Corpo de mulher que estava desaparecida é encontrado em Jaraguá do Sul

– O acompanhamento dos acordos comerciais é importante para a indústria e tem que fazer parte do dia a dia das organizações. Para quem trabalha na área internacional, os acordos são um meio de se conseguir fazer importação e exportação de maneira apropriada, visando aproveitar ao máximo todas a possibilidades que os acordos oferecem – afirmou a presidente da Câmara, Maria Teresa Bustamante. Atualmente, os países com os quais o Brasil tem acordo representam um acesso preferencial a 8% das importações mundiais. 

 

Só uma

rodovia
(Foto: )

Os parlamentares da bancada federal catarinense definiram suas prioridades para 2019 e inscreveram no orçamento federal 15 emendas. Do conjunto, só uma contempla recursos para a região Norte do Estado. É a que trata da adequação de trecho da rodovia São Francisco do Sul-Jaraguá do Sul (BR-280). O valor é de R$ 90 milhões. 

 

Mais imóveis

Líder no mercado da região Norte catarinense, a Rôgga Empreendimentos vai lançar quatro projetos para este fim de ano. Os residenciais totalizam 568 novas unidades e somam valor geral de vendas de R$ 154 milhões. A expectativa é de geração de 500 empregos.

Em 2019, a Rôgga pretende erguer empreendimentos com prospecção de R$ 330 milhões em valor geral de vendas. É grande o volume de compras dos principais insumos da construção para as próximas obras: duas mil toneladas de vergalhão de aço; duas mil toneladas de cimento; 25 mil m³ de concreto; 1 milhão de blocos de concreto; 1,5 milhão de blocos cerâmicos; 100 mil m² de revestimentos cerâmicos; 10 mil esquadrias de alumínio; e 500 mil m² de área de pintura.

 

Impostos 

Os brasileiros já pagaram R$ 2,014 trilhões em impostos federais, estaduais e municipais desde 1º de janeiro. É o que mostra o Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo, que mede a tributação.

 

Novos negócios

Indústria de grande porte de Joinville, que já atua em variados ramos de atividades, vai entrar com força no segmento de energia. E contratou o atual presidente da Celesc, Cleverson Siewert, para liderar a equipe que está sendo montada neste novo negócio.

O executivo aceitou o convite e já comunicou a decisão ao governador Eduardo Pinho Moreira e ao conselho de administração nesta quinta-feira. Ele deixa o comando da estatal de energia no dia 21 de dezembro. Assume o posto na iniciativa privada em abril ou maio de 2019. No primeiro trimestre, fará cursos nos Estados Unidos. 

– Estarei absolutamente focado e dedicado a este novo desafio. Minha cabeça não está voltada à política.

 

Balanço

A Celesc divulgará balanço do terceiro trimestre no dia 14, quarta-feira.

 

Parceria para loteamento

Dentro da sua estratégia de geração de valor para o acionista, a Tupy fechou parceria para o desenvolvimento de loteamento em um dos seus terrenos, localizado no município de Araquari, próximo dos portos, rodovias e de diversas empresas instaladas na região. O projeto de longo prazo gerará receita de R$ 58 milhões para a companhia (a preços atuais), e receberá um adiantamento de R$ 10 milhões até junho de 2019.

 

Chamada

O BNDES, o Senai e a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) lançam chamada para seleção de projetos-piloto de IoT aplicados à indústria. A chamada é voltada aos Institutos Senai de Inovação, mas tem como foco projetos específicos de empresas ou consórcios industriais de qualquer porte das áreas de manutenção preditiva de processos industriais; monitoramento de processos, ativos e atividades; otimização e flexibilização do processo produtivo para redução de estoques; e projetos de novos produtos que incorporem recursos de IoT.

Cada proposta selecionada receberá pelo menos R$ 1 milhão  em recursos não reembolsáveis. Os responsáveis por cada projeto deverão aplicar, no mínimo, 50% do apoio recebido. Essa contrapartida poderá ser composta por recursos próprios, outros instrumentos de crédito do BNDES ou parceria com os Institutos Senai de Inovação. 

Mais informações sobre a seleção podem ser obtidas no site www.editaldeinovacao.com.br 

 

Feira

A Feistock – feira de móveis e decoração – chega a sua 29ª edição. Nos quatro dias de evento, que vai até domingo (10), a organização estima a visita de 25 mil compradores, que irão explorar os 103 expositores e marcas no pavilhão da Promosul, em São Bento do Sul. A expectativa de negócios é de R$ 15 milhões. Trinta por cento dos visitantes são de fora de Santa Catarina. Principalmente de São Paulo, Goiás, Rio Grande do Sul e Paraná.

 

Novos produtos

Maior fabricante latino-americana de elementos de fixação, a Ciser adiciona novos itens ao seu portfólio de 27 mil produtos. O lançamento anunciado é de dois padrões de ponteiras, utilizadas para aplicação de parafusos fendados.

 

Leia também:

Litoral Norte terá os maiores volumes de chuva desta sexta-feira

Deixe seu comentário:

Cláudio Loetz

Loetz

Loetz

Claudio Loetz é um dos mais renomados colunistas de economia do Sul do Brasil. Com textos analíticos e informativos, é a principal fonte de informação para os interessados em negócios em Joinville e região.

publicidade

publicidade

Mais colunistas

publicidade

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação