Navegue por

publicidade

Moacir

Política

Governo de SC: a definição de candidaturas

Compartilhe

Por Moacir Pereira
12/07/2018 - 03h05 - Atualizada em: 12/07/2018 - 15h10

O presidente estadual do PSD, Gelson Merisio, passou a quarta-feira (11) em Brasília, para tratar das conversações sobre a formação das chapas.

O quadro dos postulantes continua nebuloso, sobretudo, pela indefinição do deputado Esperidião Amin (PP). Se o ex-governador decidir disputar o governo, tem-se um cenário; decidindo por concorrer a uma vaga no Senado, a projeção se altera.

Amin falou longamente com Merisio, sem revelar o conteúdo da conversa, mantendo o pacto de silêncio que marcou o último encontro em Florianópolis, presentes também Raimundo Colombo, João Paulo Kleinübing e Silvio Dreveck. Disse apenas: “Foi muito bom. Avançamos”.

Líder das pesquisas, Amin recebe pressões dos progressistas para que concorra ao governo. O PP está fora do poder há 16 anos. O problema é que esta candidatura racha a aliança de 13 partidos, costurada por Gelson Merisio, e pode abrir dissidência no PP. O presidente Silvio Dreveck, o prefeito Joares Ponticelli e o deputado Valmir Comin, entre outros, estão fechados desde o ano passado com o projeto de Merisio.

Candidato ao governo, Amin teria dificuldades de construir uma coligação com maior densidade. O PSDB, que tem estrutura, não abre mão da cabeça de chapa com Paulo Bauer e seu presidente já convidou Amin para ser vice do senador. Cogitou-se João Paulo Kleinübing de vice de Amin, mas o Democratas tem militância frágil e reduzida no Estado.

O ex-governador poderia optar pelo Senado, desejo maior de Merisio, liderados e partidos aliados. O projeto oposicionista estaria preservado e Amin conta com um consenso raro para pleitear a Câmara Alta, por sua experiência, espírito público, conhecimento de Santa Catarina e capacidade de trabalho. Para viabilizar este projeto, na última reunião, o PSB abriu mão da vice-governança na chapa de Gelson Merisio.

Equações e fórmulas partidárias não faltam. A fumaça branca pode surgir na reunião dos líderes da coligação, transferida para sexta-feira.

 

Leia também: Conselho de Ética arquiva representação contra João Rodrigues

 

Em Joinville

A Executiva do PSDB decidiu inovar na homologação de seus candidatos nas eleições de outubro. A convenção estadual será realizada na Expoville, em Joinville, no dia 29 de julho. Optou pela maior cidade de Santa Catarina, também base eleitoral do senador Paulo Bauer, o pré-candidato ao governo. Convenção fora da Capital é fato inédito.

 

Curtas

* Posse da nova diretoria do Sindicato dos Médicos de Santa Catarina será amanhã na Capital. O oncologista Leopoldo Back transmite a presidência do Simesc ao antestesiologista Cyro Soncini.

* Marcado para sábado, às 10h, na Trukan, em Xanxerê, o lançamento da candidatura do ex-presidente da Cidasc, Enori Barbieri (PSD) à Assembleia Legislativa.

 

Leia outras publicações de Moacir Pereira

Veja também: 

Encalhe de baleia na Grande Florianópolis deixa instituições em alerta

A cada dez segundos surge um microempreendedor no Brasil

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação