A Altona foi sondada por uma administradora de empreendimentos imobiliários que está de olho em um terreno da empresa em Barra Velha. O interesse chegou até a diretoria da metalúrgica blumenauense, que autorizou a elaboração de estudos de viabilidade que podem ou não culminar em uma negociação futura. A coluna apurou que os investidores mirariam a construção de galpões logísticos na área.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

O presidente Cacídio Girardi diz que por ora se trata apenas de uma intenção, sem nada definido. A empresa deve analisar a oferta com calma, já que não tem planos imediatos para o terreno. A área inicialmente estava prevista para abrigar a nova fábrica da Altona, que já anunciou que deixará Blumenau no futuro. Mas a companhia mudou os planos e decidiu construir o novo parque fabril em Gaspar.

Altona planeja transferir fábrica de Blumenau para Gaspar

Segundo Girardi, a Altona ainda tem uma área de cerca de um milhão de metros quadrados disponível em Barra Velha. Nos últimos anos, a varejista Havan já havia comprado outras partes do terreno original para ampliar seu centro de distribuição.

Continua depois da publicidade

Aliás

A Altona segue preparando o terreno em Gaspar, próximo da BR-470, com vistas à transferência definitiva das instalações. Segundo Girardi, a expectativa é de que em até cinco anos a nova fábrica esteja rodando.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Rede nacional de hamburguerias planeja abrir cinco restaurantes em SC

Gerente regional da Celesc em Blumenau é promovido a diretor da empresa na Capital

A semente para a revolução da Oktoberfest Blumenau foi plantada e agora precisa ser regada

Angeloni vai transformar tradicional loja de Blumenau em atacarejo

Destaques do NSC Total