nsc

publicidade

Pedro

Empresas

Aos 20, fábrica de brinquedos de Pomerode mantém fôlego de criança para seguir crescendo

Compartilhe

Por Pedro Machado
05/06/2019 - 16h49
Em um parque fabril de 45 mil metros quadrados, a Calesita fabrica dois milhões de brinquedos por ano (Foto: Pedro Machado)

Um período de recessão, por si só, já costuma ser de obstáculos para as empresas. E quando, além da crise, ainda é preciso lidar com uma mudança substancial de perfil e comportamento do principal público-alvo? Para a Calesita, os últimos anos foram especialmente desafiadores. Além de ter de encarar um mercado consumidor mais estagnado, a fabricante de brinquedos de Pomerode viu crianças amadurecerem mais rápido e se apegarem cada vez mais cedo a celulares, tablets e outros apetrechos tecnológicos. Resultado: seus produtos estavam ficando menos tempo nas mãos de meninos e meninas.

Apesar dessa nova realidade, a companhia decidiu se manter fiel às origens. Seu portfólio, hoje com cerca de 180 produtos e crescendo – são cerca de 20 lançamentos, em média, por ano –, continua apostando em uma proposta lúdica mesclada com o desenvolvimento de habilidades cognitivas, físicas, psicomotoras, sociais e emocionais. Se celulares e equipamentos tecnológicos disputam a atenção com os pequenos, a resposta encontrada foi ampliar as possibilidades e criar brinquedos que permitam uma maior interação com os pais e outras crianças, diz Osvaldo Hector Vacinaletti, um argentino da cidade de Quilmes que ao lado do irmão, Renato Ricardo Vacinaletti, fundou a empresa em 1999.

Somada a reestruturações internas comuns – e necessárias – em tempos de vacas magras na economia, essa proposta garantiu que a Calesita passasse incólume nesta época mais turbulenta. Sem abrir os números, Osvaldo diz que o crescimento médio nos últimos anos tem ficado em 10%. Além das novidades que renovam as prateleiras – hoje está presente em 7 mil lojas do país, além de exportar para o Mercosul –, a empresa também investiu no relacionamento com os lojistas, o que a fez abocanhar uma fatia extra de mercado.

O contato com o consumidor na ponta também não foi esquecido. Em 2016, foi inaugurada a primeira loja conceito da marca dentro de um shopping em Blumenau. Uma das principais atrações do espaço é um carrossel, tradução para o português da palavra espanhola calesita, que dá nome à empresa.

Expansão

A Calesita fabrica dois milhões de brinquedos de plástico por ano. Uma das linhas campeãs de vendas é chamada de rodados: são carrinhos e triciclos com pedal. Com o crescimento dos negócios e a vinda de novos lançamentos pela frente, a empresa está investindo na ampliação do parque fabril em Pomerode, onde trabalham cerca de 320 pessoas. Já inaugurou neste ano um novo galpão para a área de expedição e não descarta outras expansões no futuro. As instalações totalizam 45 mil metros quadrados.

Deixe seu comentário:

publicidade