nsc
nsc

Empresas

Após reclamações de clientes, Procon de Blumenau notifica operadora de saúde

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
29/10/2019 - 16h35 - Atualizada em: 29/10/2019 - 18h04

O Procon de Blumenau notificou a Agemed após receber diversas reclamações de clientes que têm plano de saúde com a operadora. O órgão registrou, nos últimos dois meses, 14 queixas de pessoas insatisfeitas com o fato de não conseguirem mais marcar consultas – médicos estão deixando de atender pelo plano por falta de pagamento.

Esses consumidores reivindicam a portabilidade do plano sem o ônus da multa por quebra de contrato, mas estariam sem um retorno da Agemed, segundo o coordenador do Procon local, André Moura da Cunha. De acordo com ele, o Procon estadual já está sabendo da situação e o Ministério Público também investiga o caso.

Ao longo de 2019, o Procon de Blumenau recebeu pelo menos 40 reclamações envolvendo a Agemed. Além dessas 14 referentes à portabilidade, Cunha explica que as demais dizem respeito ao aumento do plano e pedido de cancelamento unilateral por parte da operadora. Há também quem queira cancelar o pacote por não cumprimento do que havia sido acordado.

Em abril o Hospital Dia do Pulmão chegou a interromper os atendimentos de beneficiários da empresa. Na época, a instituição explicou que a suspensão se devia à decisão da Agemed de “interromper as negociações” referentes a repasses não feitos. Houve acordo e os trabalhos foram retomados pouco tempo depois.

No final de agosto, a Agência Nacional de Saúde (ANS) determinou a suspensão de 14 planos oferecidos pela Agemed e também de outras nove empresas. Entre os motivos da decisão estariam o descumprimento de prazos máximos para a realização de consultas, exames e cirurgias e também casos de negativa de cobertura aos clientes.

Até a publicação desta notícia a coluna não havia conseguido contato com a Agemed para tratar do assunto.

Hospitais suspendem convênios

Antes mesmo do Procon notificar a Agemed, o Hospital Dia do Pulmão havia feito novo anúncio no dia 17 de setembro informando que iria suspender por tempo indeterminado os atendimentos dos convênios da operadora.

Em comunicado publicado nas redes sociais, a instituição alegou que a interrupção se devia ao não cumprimento por parte da empresa do acordo realizado em abril, "a despeito de todas as tentativas de renegociação".

Nesta segunda-feira foi a vez do Hospital Santa Catarina anunciar a suspensão, a partir desta terça-feira, dos atendimentos aos beneficiários da Agemed "em função do injustificado descumprimento contratual por parte da operadora".

Deixe seu comentário:

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Últimas do colunista

Loading interface...
Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas