Blumenau vai testar um sistema de aluguel de patinetes elétricos durante o período de Oktoberfest, que acontece entre os dias 5 e 23 de outubro. Pontos para locação e retirada dos veículos serão instalados em locais da região central que concentrarão grande fluxo de turistas e moradores.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

O serviço será oferecido por empresas que já trabalham com o compartilhamento de veículos por aplicativo. A prefeitura abriu nesta segunda-feira (15) uma licitação para credenciar potenciais fornecedores interessados. As propostas devem ser enviadas até o dia 30 deste mês.

A proposta está inserida no plano de sustentabilidade da Oktoberfest Blumenau, que pretende, entre outros pontos, zerar as emissões de carbono da festa em até cinco anos. A alternativa de uma opção de transporte não poluente durante os dias do evento se encaixaria neste contexto.

A depender dos resultados, o serviço pode até ser incorporado de maneira efetiva à cidade, admite o secretário de Turismo e Lazer, Marcelo Greuel.

Continua depois da publicidade

— Será uma experiência — resume.

Como vai funcionar

Postos para locação dos patinetes devem ser instalados em frente a quatro hotéis (Quality, Slaviero, Ibis e Himmelblau), Rua Curt Hering, praças Dr. Blumenau e Hercílio Luz (Thapyoka e Museu da Cerveja), Vila Germânica, prefeitura ou Estação Unifique e Parque Ramiro Ruediger. Nos dois últimos casos, o município pretende disponibilizar pontos de recarga dos equipamentos.

A ideia é que as empresas credenciadas – podem ser mais de uma – disponibilizem pelo menos 50 e no máximo 150 patinetes rastreados com GPS. Este volume pode ter redução ou acréscimo de 15% de acordo com a demanda, sem necessidade de revisão do projeto.

O consumidor que for alugar o patinete deverá pagar uma taxa de no máximo R$ 4 para liberar o equipamento e de até R$ 1 por minuto utilizado.

Caberá à empresa credenciada prestar o laudo técnico para que a utilização dos veículos seja feita de forma segura e respeitando a legislação vigente, o que inclui a velocidade máxima de condução. Ela também será a responsável por posicionar, monitorar, disponibilizar aplicativo, recolher e realizar a manutenção dos equipamentos.

Continua depois da publicidade

Outras obrigações incluem a reposição dos patinetes descarregados que estiverem em áreas públicas e privadas e apresentação de apólices de seguro para casos de furto, danos ou acidentes.

Comentário

Blumenau implantou em 2009 um sistema de aluguel de bicicletas, ainda na gestão do ex-prefeito João Paulo Kleinübing. Apesar de bastante propagandeada na época, a ideia não vingou e durou pouco tempo. Os patinetes elétricos requerem menos esforço físico do que as magrelas e a realidade da mobilidade urbana de hoje é bem diferente. A conferir.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também​

Casa onde nasceu a Dudalina deve virar museu e retomar vocação original de comércio

Continua depois da publicidade

Antiga Casa Royal no Centro de Blumenau deve dar lugar a dois novos prédios

WEG anuncia ampliação de fábrica em MG com geração de novos empregos

Oktoberfest Blumenau 2022 já tem venda recorde de ingressos antecipados

Blumenau analisa condomínio de 480 apartamentos na rua da Hemmer

Tupy busca recursos para financiar compra milionária de empresa

Destaques do NSC Total