nsc
nsc

Transporte coletivo

Blumob receberá da prefeitura de Blumenau mais dinheiro do que o previsto

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
03/06/2021 - 07h23
Empresa vem recebendo aportes do município desde o ano passado
Empresa vem recebendo aportes do município desde o ano passado (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

O socorro financeiro da prefeitura de Blumenau à Blumob, concessionária responsável pelo transporte coletivo da cidade, será maior do que o inicialmente previsto. Já tramita na Câmara de Vereadores um projeto de lei que, se aprovado, garantirá novo repasse, agora de R$ 6 milhões, à empresa. O texto chegou à Casa nesta semana e já está na Comissão de Constituição e Justiça.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Esses R$ 6 milhões se somarão a outros R$ 18 milhões que já entraram no caixa da Blumob desde setembro do ano passado. Com isso, os aportes totalizam R$ 24 milhões. O valor supera os R$ 18,4 milhões que a concessionária alega ter perdido com a paralisação dos ônibus nos primeiros meses da pandemia. A quantia foi cobrada pela empresa em uma ação judicial que determinou que a prefeitura encontrasse alguma solução para garantir o funcionamento do serviço.

> Balanço da Blumob revela tamanho do prejuízo financeiro do transporte coletivo na pandemia

O recurso de agora sairá do remanejamento do orçamento de outras secretarias, como Administração, Fazenda, Educação e Obras, além da Procuradoria-Geral, para a pasta de Trânsito e Transportes (Seterb). No texto que acompanha o projeto, a prefeitura fala em “necessidade de manter os subsídios financeiros” à Blumob, acrescentando que “a continuidade dos repasses tem a finalidade de evitar a interrupção” do transporte coletivo.

Blumenau vai assumir despesas com vigilância dos terminais de ônibus que eram da Blumob

A ajuda financeira à empresa que opera o sistema de ônibus de Blumenau deveria ser extraordinária, mas vai ganhando contornos de definitiva - e se estendendo a desobrigações. Os aportes continuarão enquanto o transporte coletivo sentir os efeitos da pandemia, apurou a coluna. Não se sabe, portanto, até quando. 

Em maio, a média diária de usuários do sistema até melhorou um pouco, subindo para cerca de 45 mil passageiros. Mas ainda ficou bem distante dos 100 mil transportados antes da chegada do coronavírus.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas