nsc
nsc

Pandemia

Covid-19: medidas restritivas em Blumenau serão mais brandas do que se imaginava

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
24/06/2020 - 16h10 - Atualizada em: 24/06/2020 - 19h51
Covid-19
Redução de horário de atendimento do comércio e do transporte coletivo devem ser anunciadas (Foto: Patrick Rodrigues)

As medidas restritivas para frear o avanço da Covid-19 em Blumenau que o prefeito Mario Hildebrandt vai anunciar no início da noite desta quarta-feira (24) devem ser mais brandas do que se imaginava. Hildebrandt conversou com empresários durante a tarde para tratar do assunto e colher impressões e sugestões. Participantes desse encontro ouvidos pela coluna saíram tranquilos. Temiam um fechamento geral, o que não irá ocorrer.

> Em site especial, saiba tudo sobre o novo coronavírus

A pedido do prefeito, os empresários falam pouco sobre o teor da reunião porque as ações, até o momento da conversa, não estavam 100% fechadas. Mas duas linhas devem nortear as medidas a serem anunciadas: redução nos horários de atendimento do comércio e do transporte coletivo e fiscalização maior do cumprimento de regras por parte dos estabelecimentos. 

Uma fonte ouvida pela coluna revelou que o prefeito promete "punições mais fortes" a quem não seguir as determinações de segurança. Nos últimos dias, Hildebrandt tem subido o tom contra o descaso de muitas pessoas que vivem uma falsa sensação de normalidade e ignoram orientações básicas, como uso de máscara e sair de casa apenas em casos de maior necessidade.

Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas