Navegue por

publicidade

Pedro

Ensino superior

Em busca de imóvel para nova sede em Blumenau, UFSC vai ouvir propostas de proprietários

Compartilhe

Por Pedro Machado
09/11/2018 - 15h40 - Atualizada em: 09/11/2018 - 15h40

A UFSC publicou nesta sexta-feira edital de chamamento público detalhando as características do tipo de imóvel que a universidade está buscando para instalar sua nova sede em Blumenau. Proprietários, sejam empresas ou pessoas físicas, poderão enviar propostas até o dia 29 deste mês.

Curta Pedro Machado no Facebook​​​​

Leia mais notícias de Pedro Machado​​

A preferência é por uma área de pelo menos 50 mil metros quadrados, 12 metros acima da cota de enchente, próxima a um eixo viário – BR-470, SC-108 ou SC-421. Essa localização é importante por dois motivos: facilitar o acesso de alunos que vêm de municípios vizinhos e não prejudicar ainda mais o trânsito da cidade. Outras alternativas, porém, serão analisadas, adianta o diretor do campus, professor João Luiz Martins. Ele conta que o chamamento foi proposto pelo Ministério da Educação (MEC).

No documento, a universidade diz que a não existência de uma sede própria "impõe ao campus a necessidade de prosseguir com suas atividades acadêmicas e administrativas mediante o uso de imóveis alugados". Uma futura e eventual aquisição concentraria as atividades em um único local e garantiria "condições ideais de ensino, pesquisa, extensão e gestão". Hoje a UFSC tem 1,3 mil alunos em Blumenau, que estudam em dois imóveis locados na Rua João Pessoa, no bairro da Velha. Um terceiro espaço concentra as atividades administrativas da federal.

O edital deixa claro que se trata apenas de uma sondagem junto ao mercado imobiliário e que uma eventual compra ainda dependeria da liberação de recursos por parte do MEC. A UFSC irá avaliar tanto terrenos sem benfeitorias quanto áreas já construídas que poderiam abrigar as suas atividades.

Em debate recente, candidatos a reitor da Furb falaram da possibilidade de a universidade regional, que está com espaços ociosos, abrigar atividades da UFSC. Em setembro, técnicos do MEC visitaram uma área no bairro Fidélis cotada para receber a sede própria da federal.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação