As chuvas que castigam o Rio Grande do Sul já afetaram 94,3% da atividade econômica do Estado, segundo um levantamento preliminar da Fiergs, a federação das indústrias local. Ainda sem mencionar números, a entidade alerta que “muitos postos de trabalho serão fechados” como “consequência inevitável do caos” que se instalou em solo gaúcho.

Continua depois da publicidade

Entre na comunidade exclusiva de colunistas do NSC Total

A estimativa considera o fato de a tragédia ter atingido 447 cidades, o equivalente a 90% do território gaúcho. Os locais mais impactados incluem os principais polos industriais.

Como catarinenses podem doar mantimentos e produtos para vítimas das chuvas no RS

Todas as regiões gaúchas sofrem as consequências de alguma maneira. Com isso, setores como metalmecânico, móveis, derivados de petróleo e alimentos, calçados, alimentos e químicos, entre outros, são afetados pela maior catástrofe climática da história gaúcha.

Continua depois da publicidade

Segundo a Fiergs, diversas empresas tiveram suas dependências completamente comprometidas e as perdas econômicas ainda são inestimáveis. A entidade cita “danos gigantescos de capital” e problemas logísticos que atingem de forma significativa todas as cadeias econômicas do Estado.

“Em boa parte dos casos, não será apenas necessário realizar o trabalho de desobstrução, mas de reconstrução de estradas, pontes, vias férreas e até mesmo o principal aeroporto do Estado está com suas instalações comprometidas”, cita um trecho do estudo.

Além da atividade produtiva, a catástrofe compromete exportações e arrecadação de tributos. Para a Fiergs, é “evidente o potencial impacto avassalador” das inundações na economia gaúcha.

A entidade observa, ainda, que os efeitos ainda estão em curso e que os números já apresentados representam apenas “uma parte do quadro potencial completo”.

Continua depois da publicidade

Os principais desastres naturais do país

Leia também

Blumenau vai atacar o bolso dos pichadores com multas mais pesadas

Rede investe R$ 10 milhões em novo formato de supermercado em Balneário Camboriú

O dia decisivo para a compra do Hospital Santa Catarina pela Unimed Blumenau

Estudo revela 10 curiosidades sobre a relação de SC com o mercado da cerveja

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total