nsc
nsc

Política

Ex-secretário Marcelo Althoff é sondado para voltar à prefeitura de Blumenau

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
29/03/2022 - 09h15
Althoff ocupou cargos no governo entre 2013 e 2018
Althoff ocupou cargos no governo entre 2013 e 2018 (Foto: Reprodução)

O advogado Marcelo Althoff (Podemos) está cotado para retornar ao primeiro escalão da prefeitura de Blumenau. Ele é uma aposta para assumir a secretaria de Parcerias e Concessões. Atualmente a pasta é comandada por Marcelo Greuel, que acumula a função com a secretaria de Turismo e Lazer.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Althoff é figura conhecida no álbum da prefeitura. Ele transitou em cargos do governo durante a gestão do ex-prefeito Napoleão Bernardes (à época no PSDB). Comandou as secretarias de Desenvolvimento Social e Comunicação, além do Seterb, entre 2013 e 2018, ano em que deixou o poder público para assumir interinamente o 1º Tabelionato de Notas e Protesto de Blumenau – o famoso Cartório Margarida.

Confirmada a nomeação, o advogado assumiria uma pasta que representa uma das bandeiras da gestão de Mário Hildebrandt (Podemos). As concessões começaram a sair do papel e a intenção do governo é fortalecê-las. Isso exigiria a presença de alguém 100% dedicado ao tema. Também aliviaria o trabalho de Greuel, que poderia se concentrar na estrutura de Turismo e Lazer.

À coluna, Althoff confirmou a sondagem, mas despistou. Disse que primeiro deve concluir a transmissão do cargo ao novo interino do cartório para depois retomar as conversas com a prefeitura.

Mais trocas

Outras mudanças no primeiro escalão do município também devem ser confirmadas em breve. Hildebrandt já convidou o vereador Marcelo Lanzarin (Podemos) para ocupar a vaga deixada por Winnetou Krambeck na secretaria de Saúde. O parlamentar sinalizou positivamente e encaminha a saída da Câmara.

Outro vereador, Alexandre Matias (PSDB), é um nome cotado para a secretaria de Desenvolvimento Social, mas o martelo ainda não foi batido. Já Sylvio Zimmermann (PSDB) pode deixar a pasta de Desenvolvimento Econômico caso seja o escolhido do ninho tucano local para disputar uma vaga a deputado federal. Neste caso, ele assumiria a vaga de Matias no Legislativo local. Uma reunião ainda nesta semana vai decidir os próximos encaminhamentos.

Quem também deve embarcar no governo é Giselle Chirolli. Ela está de volta a Blumenau depois de passar uma temporada em Brasília no cargo de diretora nacional de Paradesporto, em função vinculada ao Ministério da Cidadania. A Giselle estaria reservada a futura secretaria de Inclusão da Pessoa com Deficiência e do Paradesporto, promessa de campanha de Hildebrandt.

A nova pasta, no entanto, só deve ser formalizada entre maio e junho. Por ora, a prioridade da gestão municipal é aprovar as mudanças nas regras previdenciárias. Até lá, Giselle, suplente do Podemos, deve ficar com a vaga deixada por Lanzarin na Câmara de Vereadores.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Hang nega ser contra Shopee, Shein, AliExpress e outras plataformas após polêmica sobre impostos

Propostas para construção do Centro de Convenções de Blumenau serão conhecidas em abril

Projeto de condomínio de R$ 30 milhões e 300 apartamentos está em análise em Blumenau

Altenburg recebe homenagem da Fiesc pelos 100 anos de história

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas