nsc
    nsc

    PERDA PARA O EMPREENDEDORISMO

    Fábrica de Negócios vai fechar as portas em Blumenau

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    15/10/2020 - 15h25 - Atualizada em: 15/10/2020 - 15h49
    Fábrica de Negócios
    Espaço funciona junto ao Instituto Gene, na Rua Antônio da Veiga (Foto: Divulgação)

    Blumenau vai perder um espaço dedicado ao empreendedorismo. A Fábrica de Negócios, criada para alavancar novas empresas e que também funciona como área de coworking, fechará em novembro, mês em que completaria quatro anos de atuação. A decisão já está tomada e é pouco provável que seja revertida, diz o fundador do empreendimento, Rodrigo Schilling.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    O encerramento das atividades não tem relação com crise, pandemia ou algo do gênero. A Fábrica fica dentro do Instituto Gene, na Rua Antônio da Veiga, em frente à Furb. Mas o espaço ocupado pelo Gene pertence ao Giassi, que aluga o imóvel. O instituto vai deixar o local porque está preparando a mudança para o Centro de Inovação de Blumenau, ao lado do campus 2 da universidade, no bairro Itoupava Seca. E já avisou ao supermercado que irá rescindir o contrato de locação.

    Na terça-feira (13) a Fábrica, que tem um contrato de sublocação de uma área de aproximadamente 230 metros quadrados com o Gene, recebeu uma notificação informando que deveria deixar o local até 15 de novembro. O prazo apertado, segundo Schilling, inviabiliza a transferência das operações para outro espaço. Além da área de coworking, seis empresas ocupam salas naquele ambiente e outras tantas mantêm ali seus endereços fiscais. É um pessoal que terá de procurar uma nova casa.

    — É um sonho que está sendo interrompido — lamenta Schilling.

    De acordo com o empresário, o contrato de sublocação que a Fábrica mantém com o Gene estabelece que eventual rescisão deveria ser feita com 180 dias de antecedência. Neste caso, no entanto, está prevalecendo o contrato de locação do Gene com o Giassi, o proprietário do imóvel, que baixa esse prazo para 30 dias.

    À coluna, Schilling disse que não pretende lutar judicialmente para permanecer no espaço, mas que avalia a possibilidade de pelo menos cobrar o pagamento de multa pelo não cumprimento do aviso prévio de seis meses previsto no contrato firmado com o Gene.

    Mudança a caminho

    O presidente do Conselho de Administração do Instituto Gene, Udo Schroeder, diz que a instituição já começou a planejar a mudança para o Centro de Inovação, que será inaugurado oficialmente no dia 17 de novembro. Resta acertar alguns detalhes da rescisão contratual com o Giassi.

    Sobre os negócios que funcionam no atual espaço, uma alternativa, sugere Schroeder, é que eles submetam projetos dentro dos editais que preveem a ocupação do Centro de Inovação, lançados no final de setembro. São processos para incubação de empresas, projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação e empresas inovadoras.

    Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas