publicidade

Navegue por
Pedro

Negócios

Fundos interessados no Beto Carrero são os mesmos que compraram a Uniasselvi

Compartilhe

Por Pedro Machado
09/05/2019 - 16h06 - Atualizada em: 09/05/2019 - 18h22
Foto: Marcos Porto, BD

Duas das gestoras de private equity que estariam interessadas em desembolsar até R$ 1 bilhão pelo Parque Beto Carrero World têm histórico de negócios na região.

A Vinci Partners e a Carlyle adquiriram por R$ 1,1 bilhão, em 2015, a Uniasselvi, instituição de ensino que nasceu em Indaial e que já vinha de uma incorporação, três anos antes, por outra gigante do ramo de educação, a Kroton.

A informação de que o parque temático em Penha poderia ser vendido veio à tona nesta quinta-feira, após reportagem publicada pelo jornal Valor Econômico. A direção do empreendimento negou a possibilidade.

Deixe seu comentário:

publicidade

Navegue por
© 2018 NSC Comunicação
Navegue por
© 2018 NSC Comunicação