A Plasbohn, fabricante de mangueiras em PVC e outros itens de plástico, tem planos para ampliar a fábrica instalada em Joinville. A empresa protocolou junto à prefeitura um projeto de expansão do parque fabril, que é alvo de um estudo de impacto de vizinhança (EIV). O valor do investimento ainda não está definido.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O crescimento abrange a construção de um novo galpão de dois pavimentos e 4,1 mil metros quadrados, que será usado como depósito e também terá docas para caminhões. A estrutura adicional se somará às atuais instalações de cerca de 10 mil metros quadrados. Após a ampliação, o complexo no bairro Santa Catarina terá 14,1 mil metros quadrados.

A empresa diz ainda que com a construção do novo galpão será possível aumentar o número de vagas de estacionamento. Como a estrutura será usada como depósito, não deve haver aumento significativo na geração de empregos. Hoje a Plasbohn tem em torno de 280 funcionários.

A estimativa é que a obra, após a tramitação do processo e a liberação dos alvarás, dure 12 meses. Procurada, a Plasbohn informou que, se tudo der certo, pretende iniciar a terraplanagem ainda neste ano para edificar o novo galpão em 2024.

Continua depois da publicidade

Fundada em 1990, a Plasbohn tem um portfólio de mais de 800 produtos que atendem diversas linhas – agrícola, industrial, elétrica, predial e doméstica, entre outras. As mangueiras plásticas são o carro-chefe, mas a fabricação também inclui outros itens, como conexões. Ao todo, a empresa diz estar presente em mais de 30 mil pontos de venda em todo o Brasil e no Mercosul.

Leia também

Blumenau abre nova concorrência por vagas na Feira Livre

Marisa poupa SC ao fechar 88 lojas no Brasil

Empresa de Pomerode nega ter empregado suspeito de agredir filho de Alexandre de Moraes

Blumenau abre concurso público com salários de até R$ 23 mil; veja vagas

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total