A têxtil Kyly, de Pomerode, vai abrir uma fábrica em Blumenau. Será uma pequena unidade de costura em um galpão na Rua Estanislau Schaette, no bairro Água Verde. Na entrada do local, uma faixa anuncia oportunidades de emprego e os benefícios oferecidos pela empresa, como prêmio por produtividade, plano de saúde e participação nos resultados.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

O galpão tem 524 metros quadrados e contará com cinco células de costura, que atenderão todas as marcas de moda do grupo – Kyly, Milon, Nanai, Amora e Lemon. A inauguração está marcada para o dia 6 de outubro.

A Kyly estima empregar diretamente 42 pessoas na operação. Ainda há vagas para costureiras, revisores, mecânico e auxiliar de serviços gerais. Interessados podem se candidatar neste sábado (17), das 9h às 15h, na Escola Alberto Stein (Rua General Osório, 1.785, na Velha). As entrevistas serão presenciais e por ordem de chegada. Informações também podem ser consultadas no WhatsApp (47) 99690-0519.

A unidade marca, de certa forma, um retorno às origens. A Kyly nasceu em 1985 na garagem da casa do fundador, Salézio Martins, em Blumenau. No fim daquela década, a empresa se mudou para Pomerode.

Continua depois da publicidade

Segundo a empresa, o investimento de agora em Blumenau se deve à oferta de mão de obra qualificada, ao acesso logístico e à proximidade com a matriz em Pomerode. Além disso, a empresa já tinha funcionários e parceiros na cidade.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também​

Rede gaúcha de moda acerta patrocínio com a Oktoberfest Blumenau

A ligação do álbum de figurinhas da Copa com uma empresa que está em Blumenau

O que vai prever o projeto de revitalização do antigo porto de Blumenau

Avenida em Blumenau ganhará quarta pista em tentativa para desafogar o trânsito

Destaques do NSC Total