Morreu na praia pela segunda vez a tentativa da prefeitura de Balneário Camboriú de encontrar um investidor interessado na construção de um novo mercado público na Praça do Pescador, na Barra. Nenhuma empresa apresentou propostas na licitação aberta na última sexta-feira (4). Com isso, a concorrência foi considerada deserta.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

O projeto prevê uma área de 3,5 mil metros quadrados, com espaço para bares, cafés, lojas e mirante e investimento estimado em quase R$ 14 milhões. O prazo de concessão era de 30 anos, prorrogáveis pelo mesmo período. Esta, aliás, foi a grande diferença deste edital. Em outra tentativa de licitação de agosto do ano passado, que também não recebeu propostas, o prazo de exploração comercial era de 20 anos.

O secretário de Compras de Balneário Camboriú, Samaroni Benedet, diz que a prefeitura vai avaliar a republicação do edital e admite que serão necessárias alterações para atrair investidores. As eventuais mudanças, no entanto, ainda não estão definidas.

— Teremos que discutir com a equipe técnica, pois é um assunto que demanda revisão em estudos econômico-financeiros.

Continua depois da publicidade

Leia também

Com investimento de R$ 102 milhões, nova usina de energia entra em operação em SC

Blumenau terá nova feira de negócios do setor têxtil alternativa à Febratex

Cervejarias tradicionais de Blumenau e região correm risco de ficar fora da Oktoberfest

Visita de Jorginho a Blumenau tem disputa por espaços, alfinetada e ensaio para as eleições 2024

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total