Mais 11.219 novos empregos formais foram criados em Santa Catarina em março, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Ministério do Trabalho e da Previdência. Foi o quinto melhor resultado entre as unidades da federação, atrás apenas de São Paulo (34.010), Minas Gerais (27.452), Rio Grande do Sul (13.744) e Rio de Janeiro (11.385).

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

Com o resultado, a economia catarinense computa a geração de 64.038 vagas com carteira assinada no primeiro trimestre de 2022. Apesar do resultado positivo, em março o ritmo da abertura de postos de trabalho foi mais lento do que nos meses anteriores. Em janeiro, Santa Catarina criou 23.787 empregos. Em fevereiro, foram 29.032.

O destaque de março no Estado ficou por conta do setor de serviços, com geração de 7.004 empregos. Na sequência, próximos, aparecem construção (+2.883) e indústria (+2.509). Comércio teve desempenho mais tímido, com abertura de 651 postos de trabalho, e a agropecuária negativou, com perda de 1.828 vagas.

Entre as cidades do Estado, Florianópolis liderou o ranking do emprego em março, com abertura de 1.486 empregos. Depois aparecem Criciúma (+1.129), Blumenau (+839), São José (+801) e Itajaí (+714). Maior cidade catarinense, Joinville contabilizou saldo positivo de 418 postos de trabalho no mês.

Continua depois da publicidade

Em todo o Brasil, foram abertas 136.189 novas vagas de emprego em março.

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Revitalização da Rua XV de Novembro em Blumenau vai incluir transversais​​

Fechado há 10 anos, antigo galpão da Expofair em Blumenau terá novo destino

As fábricas de Santa Catarina que passaram dos 100 anos e continuam ativas

Casarão antigo de Blumenau é reformado e vai virar minicentro comercial

Destaques do NSC Total