nsc
    nsc

    Ônibus

    Transporte coletivo de Blumenau terá mais horários a partir do dia 14

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    11/10/2020 - 18h00 - Atualizada em: 13/10/2020 - 13h50
    Transporte coletivo
    Serão 70 viagens a mais por dia, segundo a Seterb (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

    O transporte coletivo de Blumenau terá mais horários a partir de quarta-feira (14). Serão 70 viagens adicionais por dia, segundo a Secretaria de Trânsito e Transportes (Seterb). Com isso, a operação passará a funcionar em três janelas (antes eram quatro): das 4h às 8h30min, das 11h30min às 19h30min e das 21h30min às 22h40min.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Inicialmente, o Seterb havia divulgado que, com a reorganização, seriam duas janelas - das 4h às 19h30min e das 21h30min às 22h40min. Mas houve uma retificação por parte da Blumob e os ônibus continuarão não circulando, por enquanto, das 8h30min às 11h30min.

    Aos sábados, o sistema continua rodando das 3h45min às 13h30min. Aos domingos e feriados, seguem funcionando apenas as linhas exclusivas para profissionais da saúde.

    A lista de novos horários estará disponível no site da Blumob no início da semana. A ampliação da escala atende a pedidos da população e de empresas. Nos últimos dias, voltaram a circular nas redes sociais imagens com ônibus lotados principalmente em horários de pico.

    A queda do número de passageiros, provocada pela pandemia, resultou na redução de horários. Hoje o sistema roda com 27 mil usuários dia, quando, em situação normal, chegava a 100 mil. O município, inclusive, chegou a repassar um subsídio de R$ 5 milhões à Blumob para compensar os prejuízos financeiros acumulados no período.

    Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas