nsc
nsc

Dinheiro público

Contas do governo Moisés serão analisadas pelo TCE em junho

Compartilhe

Raphael
Por Raphael Faraco
22/05/2021 - 15h00
Carlos Moisés e Adircélio de Moraes Ferreira Júnior em visito do governador ao TCE
Carlos Moisés e Adircélio de Moraes Ferreira Júnior em visito do governador ao TCE (Foto: Ricardo Wolffenbuttel)

As contas de 2020 do governo de Santa Catarina serão analisadas pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-SC) no dia 2 de junho, às 14h.

Esta semana, o governador Carlos Moisés visitou o presidente do TCE, o conselheiro Adircélio de Moraes Ferreira Júnior. Participaram da conversa o chefe da Casa Civil Eron Giordani, o secretário da Fazenda Paulo Eli, sua adjunta Michele Roncalio e o conselheiro do Tribunal Luiz Roberto Herbst.

> Preço da gasolina em SC deve subir para R$ 6, diz sindicato

> Nova rodovia em SC é a aposta do Estado para desafogar trânsito na BR-101

O ano passado foi bem complicado para Moisés. O início da pandemia em março, o escândalo dos respiradores no fim de abril, uma CPI na Assembleia Legislativa e dois processos de impeachment. O primeiro afastamento da função, por um mês, ocorreu ainda em 2020.

Governou boa parte do ano com o foco na política e na tentativa de se manter no cargo. O que não diminui o seu otimismo pela aprovação das contas.

— Saímos daqui muito satisfeitos, até porque temos o prenúncio de um bom encaminhamento das contas do Estado, pela forma como elas estão apresentadas, de forma muito positiva e organizada. E são contas realistas, que apresentam de fato o que houve durante a nossa gestão no ano passado — disse o governador.

> Moisés diz que erro foi reparado no impeachment dos respiradores: "A verdade prevaleceu"

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

É a segunda vez que o ano do governo Moisés é analisado pelo TCE. Em junho passado, sobre os números de 2019, as contas foram aprovadas por unanimidade com as menores ressalvas da década. E a gestão foi elogiada.

Bom lembrar que pela lei, o TCE emite um parecer sobre as contas recomendando a aprovação ou a rejeição, mas a palavra final é do plenário da Assembleia Legislativa de SC.

Leia também

> Casos ativos de Covid em SC voltam a subir e Estado reforça o alerta

> Indenização milionária de auxílio-combustível em SC tem novo capítulo; entenda

> Bebê com anticorpos para Covid em SC anima secretário: “Desconheço no Brasil informação como essa”

> Volta às aulas presenciais em Florianópolis é determinada pela Justiça

> SC tem novo decreto de combate à pandemia até 31 de maio

> SC está em alerta para nova onda na pandemia de Covid-19, diz secretário

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Raphael Faraco

Colunista

Raphael Faraco

Jornalista com mais de 20 anos de carreira, editor e apresentador da NSC TV. Notícias em primeira-mão e informações de bastidores sobre o que acontece em SC.

siga Raphael Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas